• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 histórias aterrorizantes de navios fantasmas

POR Jesus Galvão    EM Mistérios & Horror      27/03/18 às 19h31

Nem sempre mencionar 'navios fantasmas' é sinônimo de alguma história repleta de enigmas e fatos mirabolantes. As embarcações abandonadas e localizadas sem tripulação, muitas vezes são referidas desta forma.

Não que esses navios não carreguem historias cheias de mistérios. E muitas vezes devido ao estado em que são encontrados, essas embarcações podem se perder para sempre no mar de lendas e do desconhecido.

Hoje, listamos algumas das histórias sobre essas embarcações que partiram em direção a seus supostos destinos mas que nunca chegaram até la. Confira 7 histórias aterrorizantes de navios fantasmas:

1 - O Onda do Oceano

O artista Bas Jan Ader teria preparado um performance em 3 etapas, tudo envolvendo o pequeno "Onda do Oceano". Uma embarcação de 4 metros de comprimento. Ele seria expulso do Cabo Cod, nos EUA, por um coral de estudantes acompanhados de um piano, e navegaria em direção a Falmouth, na Inglaterra. Ele levaria entre 8 e 10 semanas para chegar nas águas britânicas, onde ele terminaria a apresentação. Porém, Bas Jan Ader nunca chegou.

O barco foi encontrado à deriva sem o menor sinal do artista. Alguns presumem que fortes ondas podem ter levado Bas, outros acreditam que ele teria se desorientado e caído no mar. Ou, que toda performance na verdade seria uma forma de mascarar seu suicídio. Apesar de toda especulação, a verdade é que Bas Jan Ader nunca foi encontrado.

2 - O High Aim 6

A embarcação chinesa deixou o porto de Taiwan em outubro de 2002. Ele foi localizado em janeiro de 2003, próximo à Austrália sem tripulação a bordo. Em um primeiro momento as pessoas não conseguiram compreender por que ele teria sido abandonado. Uma vez que o estoque de comida estava completo, o navio estava em boas condições e não transportava imigrantes.

Rumores apontam de que um único tripulante foi localizado posteriormente e teria contado uma história bizarra. Segundo ele, a tripulação teria organizado um motim e assassinado o capitão e o engenheiro do navio. As razões para os assassinatos e o local onde tudo aconteceu continuam desconhecidos.

3 - O Jian Seng

O Jian Seng foi encontrado em 2006 sem tripulação à deriva em águas australianas. A corda de reboque do navio estava partida. O que sugere que o navio estava em navegação quando aconteceu o problema. Não havia sinais de danos à embarcação, ou atividade pirata. Não foram encontrados sinais de registro do navio.

Ninguém se manifestou a respeito do desaparecimento ou do surgimento do navio. Os motores estavam inoperantes. Muitos acreditam que o navio servia como um navio de reabastecimento para barcos de pesca. Por fim, o misterioso navio tem sua origem completamente desconhecida.

4 - O Kaz II

O pequeno iate foi encontrado na costa da Austrália em 2008. Supostamente no mínimo três pessoas estariam na embarcação em sua partida. Quando foi encontrado, o iate estava com uma de suas velas rasgada, e foram encontrados um laptop e uma caneca de café pela metade. Porém, nenhum sinal dos tripulantes.

5 - O Lunatic

Jure Sterk, um esloveno de 72 anos de idade, queria ser o homem mais velho a navegar sem escalas no mundo. Isso somado ao fato de quebrar o recorde em uma embarcação sem motor. O experiente navegante já havia feito uma viagem ao redor do mundo em 1991. Jure já escreveu quatro livros sobre suas aventuras.

Ele teria levado um radiocomunicador, mas em 2 de janeiro de 2009 ele ficou em silêncio. O navio foi encontrado sem Sterk e com fortes danos causados por tempestades, e o barco de emergência teria desaparecido. Jure e o barco de emergência nunca foram encontrados.

6 - O Resolven

O Resolven foi encontrado por marinheiros do HMS Mallard em 1884. Após uma tentativa sem resposta de comunicação com a tripulação, os homens resolveram embarcar no navio. Não encontraram nenhum sinal de problemas. Na verdade, o navio aparentava ter sido tripulado recentemente. O fogão estava aceso e a comida sobre a mesa de jantar. Não haviam sinais de danos a estrutura. Única pista sobre o que poderia ter acontecido foi devido a ausência de um bote salva-vidas, e o desaparecimento das moedas de ouro do capitão.

7 - O "Exército Popular da Coréia"

Um conjunto de 12 navios de madeira foram encontrados à deriva próximo a costa do Japão. Pelo estado dos barcos, é certo afirmar que eles já estavam no mar há muito tempo. Mas, o que havia de mais impressionante era o fato dos navios estarem tripulados por cerca de 22 cadáveres. Alguns deles tiveram suas cabeças separadas dos seus corpos. Em um dos navios foram encontrados 06 crânios.

As únicas pistas da origem das embarcações era uma inscrição que dizia "Exército Popular da Coreia" e um pedaço de pano que parecia ser uma parte da bandeira norte-coreana. O surgimento dos navios e as identidades dos tripulantes mortos continuam sendo um grande mistério.

Então pessoal, o que acharam de matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+