Antes do corte final, existem vários caminhos pelos quais um filme pode seguir. Isso é normal em uma obra que exige tantas decisões, de diferentes frentes. Qual caminho para seguir no roteiro? Depois, qual caminho para filmar o roteiro já escrito? Além disso, quais cenas irão para a versão final e quais serão cortadas? Isso porque resumi os questionamentos em míseras três dúvidas. São milhares de possibilidades e caminhos escolhidos na produção de um filme. Não seria diferente com um dos maiores longas sobre super-heróis da história: Vingadores: Guerra Infinita.

Com o lançamento de Guerra Infinita em Blu-Ray e outras plataformas digitais, ficamos diante de outros caminhos que o longa poderia ter seguido. Como é de se esperar, muitos elementos mudaram do roteiro para a direção, e do último para a montagem e edição. Personagens tinham funções diferentes, cenas foram adicionada enquanto outras foram retiradas, bem como outras mudanças. Cientes dessas alterações feitas no percurso, reunimos 7 ideias descartadas que mudariam Vingadores: Guerra Infinita drasticamente.

1 - Thanos e a morte

Em Vingadores: Guerra Infinita, Thanos pretende unir as joias do infinito na Manopla do Infinito para poder destruir metade da população viva. Sua motivação é alcançar o equilíbrio do universo. Porém, quem conhece as HQs sabe que por lá a motivação do vilão era outra. Ele queria presentear sua "crush" com as almas de pobres mortais como nós. Sua paixão não era ninguém menos do que a Morte. É isso mesmo: Thanos quase destrói tudo para conquistar uma garota. Inicialmente, o vilão teria o mesmo plot e motivação no longa, porém, como vimos, essa escolha criativa foi alterada.

2 - Adam Warlock no filme

Publicidade
continue a leitura

Enquanto Adam Warlock tem papel central na saga Manopla Infinita, dos quadrinhos, em Guerra Infinita ele sequer aparece. Ele é um dos personagens mais poderosos do universo de heróis da Marvel e termina a batalha contra Thanos tomando a manopla para si. Ele foi considerado para estar no filme no roteiro original, mas concluíram que o filme ficaria inchado demais com mais um personagem, que ainda por cima precisaria ser apresentado e explicado. Apesar de não ter ido para o corte final, especula-se que a heroína Capitã Marvel fará seu papel em Vingadores 4. Porém, o personagem está incluído no Universo Cinematográfico da Marvel, o MCU, sendo apresentado rapidamente em uma cena pós-créditos de Guardiões da Galáxia Vol. 2.

3 - Homem-Aranha vivo

Uma das cenas mais tristes de Guerra Infinita é a morte de Peter Parker, o Homem-Aranha. Porém, nos rascunhos iniciais de roteiro, o público não teria passado por essa tristeza profunda. No início, ele não teria nem ido para Titã lutar contra Thanos. Quem iria em seu lugar seria o Falcão. A mudança foi feita para valorizar a relação mestre e aprendiz entre Tony Stark e Homem-Aranha.

4 - Ia ser duas partes

Publicidade
continue a leitura

Os filmes da Fase 3 da Marvel sofreram algumas alterações ao longo do caminho. O filme dos Inumanos sendo cancelado e transformado em um seriado foi a mudança mais significativa de todas. Outra mudança foi transformar Vingadores: Guerra Infinita parte 1 e 2 em longas independentes. Se antes eles teriam o mesmo nome com numerações sequenciais, hoje eles têm títulos que demonstram suas independências narrativas e vidas próprias. Se isso é apenas um truque de marketing, ainda iremos descobrir.

5 - Thor Vs. dragão

Ao longo de várias versões de roteiro de Guerra infinita, tivemos também várias versões de como Thor iria conseguir sua nova arma, a Rompe-Tormentas. Enquanto a busca de Thor envolvia viagens espaciais e uma força cósmica, as primeiras versões da sequência fizeram com que o Deus do Trovão interagisse com o fantasma de seu avô, Bor. Em um ponto, Thor teria que lutar contra um dragão para adquirir a Rompe-Tormentas. Sabemos que no fim das contas foi Eitri, o Rei Anão, de Peter Dinklage, que ajudou o herói na missão.

6 - Thanos narrador

Publicidade
continue a leitura

Nós já sabemos que o Titã Louco é o grande astro de Guerra Infinita. Apesar de ser o vilão, a história gira em torno dele e, além disso, é ele quem vence no final. Porém, segundo os Irmãos Russo, ele teria mais destaque ainda. Ele seria o narrador do filme. Essa ideia foi abandonada logo no início da produção. Para eles, isso poderia ser perigoso demais para ser apresentado ao grande público. Eles poderiam não entender a proposta e confundir o papel dos vilões e dos mocinhos.

7 - Hulk fora da Hulkbuster

Com o Bruce pilotando a Hulkbuster, parecia que seria uma questão de tempo até o Gigante Esmeralda aparecer. Mas não foi bem isso que aconteceu no longa. Esperava-se que Bruce se transformaria em Hulk de dentro da armadura, quebrando-a e salvando muita gente na batalha de Wakanda. Isso porque muitas linhas de brinquedos mostravam exatamente essa situação em alguns de seus action comics. Porém, não foi bem isso que aconteceu. E agora não se sabe se a ideia foi descartada ou se foi guardada para ser usada futuramente.

E você, curtiu saber que elementos poderiam ter mudado Guerra Infinita? Comenta aqui com a gente e compartilha essa lista nas suas redes sociais. E para você que queria ver uma versão de Guerra Infinita narrada por Thanos, aquele abraço.

Publicado em: 21/08/18 16h39