• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 invenções de guerra bizarras que quase foram implantadas

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      27/02/19 às 16h15

Uma das constantes do mundo é a guerra. Desde o princípio, quando o ser humano começou a se organizar em grupo, ele vive em conflito por qualquer motivo imaginável. Há menos de 100 anos, nós passamos pela Primeira e Segunda Guerra Mundial, a Guerra Fria e vários outros conflitos traumáticos como os do Vietnã, Afeganistão, Iraque, Golfo e etc. Isso é só na história recente, se puxarmos o histórico desde o princípio, nós perceberemos que nós nunca vivemos, de modo pleno no mundo inteiro, um período onde todos os povos estivessem em plena paz.

Durante as guerras (as maiores principalmente), nós acompanhamos muitas criações úteis para a batalha, e às vezes, para depois dela. Por isso, muitos generais e líderes de nações investem muito dinheiro nas invenções de guerra, buscando sempre sair na frente nos conflitos. Apesar disso, o investimento nesse tipo de tecnologia é sempre um risco. Isso porque, apesar de poder ter retorno, pode ser que também não haja. Existem várias invenções de guerra que quase foram usadas na prática, mas que por algum motivo, ficaram de fora na hora do vamos ver. Listamos 7 delas.

1 - Mísseis guiados por pombos

É isso mesmo que você leu, durante a Segunda Guerra Mundial, os EUA criaram um míssil guiado por três pombos (cada). Conforme os pombos se movimentavam lá dentro, o míssil era enviado para a direção desejada. Os animais eram treinados para isso, e o professor que fez essa invenção (professor de Psicologia de Havard, BF Skinner), afirmou que os pombos eram melhores de serem treinados do que ratos. Apesar de parecer ridículo, a arma funcionava perfeitamente bem, sendo completamente funcional. Apesar disso, ela foi deixada de lado devido à invenção do míssil por radar.

2 - Panjandrum

A Panjandrum é uma arma realmente curiosa, uma vez que são duas rodas que carregam um barril de explosivos que se movimentam sozinhas, impulsionadas por foguetes implantados. Louco? Porém interessante. Veja o vídeo a seguir, mostrando a arma em ação:

Também inventado na Segunda Guerra Mundial, ele se mostrou uma arma poderosa, porém, incontrolável. Em todos os testes, não havia como controlar a direção para onde ele ia, como também onde explodiria.

3 - Nellie

O Nellie foi um veiculo blindado (muito grande, igual um tanque) criado para conseguir andar por valas e era o projeto de estimação de Winston Churchill. Porém, ele não era nada funcional. Além de ser quase impossível de se dirigir o torço, ele era muito inadequado. Nunca foi para a guerra de fato.

4 - Maus

Adolf Hitler sonhava com um super tanque de guerra indestrutível. Por isso mandou fazer o Maus, uma grande máquina de 200 toneladas. Acontece que os protótipos nunca funcionaram perfeitamente, deixando muito a desejar. Apesar da encomenda de 150 máquinas de combate dessas, ela nunca foi na prática.

5 - SNECMA coléoptère

O SNECMA coléoptère foi uma aeronave projetada para decolar e pousar na vertical, e a intenção principal era que, uma vez que estivesse no ar, poderia voar em velocidade super sônica. Acontece que, em nenhum teste feito, ela conseguiu alçar voo, exceto uma vez, quando aconteceu acidentalmente. Nessa ocasião, o piloto acabou morrendo queimado, encerrando os testes.

6 - Pavão Azul

O pavão azul era uma bomba nuclear que foi inventada para ser enterrada no subsolo. Acontece que a arma criada na guerra fria tinha um defeito: quando enterrada, ela podia esfriar a ponto de não detonar quando fosse necessário. Sabe qual foi a solução pensada para esse problema? Colocar galinhas dentro da bomba com comida suficiente para viverem por uma semana, assim, a bomba teria a energia e quentura do corpo da galinha. Acho que você já sabe porque a ideia foi cancelada.

7 - Bomba gay

Na década de 1990, os Estados Unidos estavam querendo desenvolver a bomba gay. A ideia era criar um afrodisíaco que despertaria o desejo dos homens por outros homens. A ideia foi um fracasso (obviamente). Primeiro, não existe nenhum mecanismo conhecido ou substância química que faça com que pessoas heterossexuais mudem repentinamente sua orientação sexual. Segundo, também não há nenhum produto químico afrodisíaco conhecido ou proposto que já tenha tido um efeito mensurável no corpo humano, muito menos um drástico.

E aí, gostou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que nunca duvidou da estupidez humana, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+