• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 mensagens escondidas no universo Harry Potter que você não percebeu

POR PH Mota    EM Fatos Nerd      02/01/17 às 14h26

O mundo de Harry Potter ainda hoje é um dos mais fascinantes criados na ficção. Repleto de dragões, bruxos, feitiços e criaturas brilhantes, fascinou crianças e adultos no mundo inteiro desde a publicação de seu primeiro livro até hoje, com lançamentos de obras inéditas no cinema.

Com tantas mensagens criadas para contar uma história, alguns significados por trás de personagens e situações podem dizer muito mais do que os símbolos que representam para a história. Indo além da superfície nas tramas principais de Harry Potter, é possível perceber metáforas e simbolismos que permitem muito mais conteúdo a ser explorado.

Aqui estão alguns dos significados e relações escondidas por trás da obra de Harry Potter, seus símbolos e personagens.

1 - A Pedra Filosofal e o fruto proibido

1

A primeira história de Harry Potter gira em torno da popular Pedra Filosofal e a busca de Voldemort pela vida eterna. Assim como o fruto proibido que Eva retira da árvore do Paraíso, segundo a Bíblia, a pedra é um objeto vermelho e pequeno que representa algo que a humanidade nunca deveria ter. Dumbledore, uma figura mística e barbada como muitas imagens que tentam reproduzir Deus, é quem diz a Harry que a pedra traz muita fortuna e sabedoria, mas pode arruinar uma vida. Nas duas histórias, é a tentação que provoca a atração pelo item mágico, gerando uma situação problemática em ambos os casos.

2 - Armas e seus portadores

2

Em Harry Potter, existem muitas armas poderosas, como a Varinha Anciã. O item motiva alguns dos maiores bruxos da saga, incluindo Voldemort. A promessa é que a varinha é tão poderosa que torna o bruxo um dos maiores vivos em todo o mundo. Ainda assim, mesmo que o item tivesse tanto poder, ele nunca impediu a derrota de seus donos, já que a varinha continuou viajando de mãos em mãos. Isso poderia ser uma mensagem de que o portador da arma na verdade é mais poderoso do que os próprios itens. Enquanto Voldemort buscava poder, Harry Potter buscava apenas o amor de seus amigos e o fim da maldade. Por essas qualidades, ele conseguiu ter acesso à famigerada varinha e outros artefatos importantes, como a espada de Grifinória.

3 - Patronos e bruxos

3

Assim como as armas como representas as habilidades de seus donos, os patronos fazem o mesmo. O patrono de Harry toma a forma de um veado macho, assim como os de seus pais - uma fêmea, no caso de sua mãe. Por conta de seu amor por Lílian Potter, o patrono de Snape imita o da bruxa. Os simbolismos continuam presentes em praticamente todos os bruxos apresentados na série, com representação de características e traços de personalidade dos personagens, o que não seria tão surpreendente, já que o feitiço é lançado pelas mais profundas e sinceras emoções de cada bruxo.

4 - Dementadores e depressão

4

Os dementadores são uma metáfora para a depressão. São criaturas horríveis e sem esperança que sugam a vida de suas vítimas, sugando a felicidade do ambiente. Quando descreve a prisão de Azkaban, Lupin dá dicas mais claras da comparação. "Eles não precisam de paredes ou água para serem mantidos prisioneiros. Não quando estão presos em suas próprias cabeças, incapazes de um único pensamento feliz". Além disso, a única forma de combate às criaturas são os patronos, feitiços resultados de emoções felizes e amorosas que vêm do coração dos bruxos.

5 - Luna e a lua

5

Na franquia Harry Potter, Luna Lovegood funciona praticamente como a anti-Hermione, já que são personagens tão diferentes. O nome da garota claramente remente à lua e, naturalmente, traz mitologias ligadas ao astro. Ela é mais interessada na intuição do que na lógica, oferecendo estranhas soluções e visões para Harry. Além disso, ela é pálida como a lua e viu muito mais escuridão em sua vida do que vários outros personagens. Como a lua foi relacionada com a loucura em diversos momentos e mitologias da história, o que justifica a sua reputação excêntrica.

6 - Espelho de Ojesed e motivação

6

O Espelho de Ojsed é um estranho artefato que mostra seu reflexo com uma visão sobre os seus maiores desejos. O uso do espelho é importante pois estabelece as ambições de Harry Potter no início de sua história. Enquanto Voldemort apenas vê ganho pessoal no objeto, Harry apenas vê sua família viva e a Pedra Filosofal sendo utilizada para o bem. A partir daí, as histórias seguintes podem ser traçadas, já que Harry conhece a motivação do vilão que vai enfrentar e os personagens conhecem as que movem Harry: o amor, a saudade de sua família e o desejo de ver o mal apagado do mundo bruxo.

7 - Horcurxes e inseguranças de Voldemort

7

Para se tornar poderoso e praticamente imortal, Voldemort divide sua arma e várias partes e as coloca em itens mágicos que escondem um sentido. Seu diário sugere que suas crenças e opiniões eram parte essencial de sua personalidade. Com a morte de seu pai, outra parte de sua alma foi colocada num objeto de herança de uma família de sangue puro. Outros itens mágicos representando os grandes fundadores de Hogwarts e sua cobra mostram a sua ambição de ser comparado aos maiores e mais consagrados bruxos da história. O maior indicativo de sua insegurança, no entanto, é a criação da horcrux acidental em Harry Potter. Seu maior medo era ser derrotado e sua alma acabou sendo colocada justamente naquele que seria capaz de pôr fim à sua tirania.

Qual das mensagens você acha mais bem explorada na obra de Harry Potter? Já tinha percebido alguma delas? Conte para a gente nos comentários.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+