Ciência e TecnologiaCuriosidades

7 métodos sinistros que a ciência usou para controlar as mentes das pessoas

0

Para a maioria das pessoas, a liberdade de pensamento está no topo da lista de “Coisas que todos querem manter”. Como seres humanos, nós valorizamos muito a nossa capacidade de pensar por nós mesmos. A ideia de que alguém pode ser capaz de tirar isso de nós, pode ser profundamente perturbadora.

Nossa obsessão com a vontade e obediência é provavelmente uma das coisas por trás de nossa fascinação com lugares como Coreia do Norte, possivelmente, uma das maiores experiências de manipulação em massa da história.

A verdade é que você pode ser manipulado de todas as maneiras. Isso geralmente é feito através de marketing inteligente, uma bebida ou um buraco na cabeça. De qualquer maneira, o seu livre-arbítrio é muito fácil de ser tomado – e existem algumas pessoas interessadas em fazer isso.

1- Escopolamina – A droga Zombie

q2

Você pode ter ouvido falar desse método. A escopolamina tornou-se uma espécie de lenda urbana na internet. Dizem que ela é usada por criminosos para tornar suas vítimas impotentes e obedientes. A droga é colocada em bebidas, pedaços de papel contaminado ou simplesmente soprada no rosto da vítima.
Dentro de poucos minutos de contato, a vítima fica impotente e não consegue resistir a quaisquer ordens dadas. A vítima pode abrir sua casa para ser roubada, entregar seus dados bancários e até mesmo tirar todo o seu dinheiro de um caixa eletrônico e alegremente entregá-lo a seu agressor.

2- Doutrinação

q3

Doutrinação é um termo usado principalmente para se referir às religiões ou cultos. Ele usa uma variedade de técnicas, a fim de fazer uma pessoa aceitar e acreditar um certo dogma. Em termos de culto, as técnicas utilizadas podem ser muito sinistras.

Pode até envolver a ingestão de substâncias que alteram a mente, tornando as pessoas muito mais sugestionáveis. Alguns cultos pode usar uma técnica conhecida como “bombardeio do amor”. Isso envolve inundar o novo recruta com amor, amizade, elogio e níveis intensos de atenção pessoal.

Todas as ideias contrárias à doutrina são recebidas com hostilidade e até mesmo passíveis a punição ou sanções. O comportamento já mencionado “bombardeio do amor” é retido até que a culpa seja reconhecida. Uma vez que todos os laços com o mundo exterior são cortados, o recruta se sente como se o culto fosse sua única família.

3- Desprogramação

q4

Desprogramação é quase o oposto de doutrinação, mas não é menos sinistro. A técnica é muitas vezes encomendada por amigos e entes queridos de uma pessoa que tem se envolvido com uma seita ou ideologia extremista, na esperança de trazer-los de volta para o convívio em sociedade.

No entanto, a desprogramação ainda é bastante problemática, uma vez que as tentativas de controlar as ações de um adulto podem ser complicadas. De um modo geral, o processo começa com um sequestro, levando a pessoa para longe e confinando-a. No entanto, os relatos de desprogramação, muitas vezes envolvem violência e abuso, com as pessoas se negando a comer e dormir, castigos físicos e até mesmo agressões sexuais.

4- Toxoplasma gondii

q5

Afastando-se de atos horrendos de manipulação, existe um tipo de controle da mente envolvendo a natureza. O toxoplasma gondii é o único organismo parasita unicelular que é capaz de infectar qualquer animal de sangue quente. Apesar disso, o T. gondii só é capaz de se reproduzir dentro de gatos.

Cerca de 30 a 50% das pessoas podem estar infectadas. O parasita tem sido associado com uma variedade de distúrbios neurológicos, incluindo esquizofrenia. Se esses poderes de controle da mente fossem manipulados por seres humanos para fins nefastos isso poderia ser bastante grave.

5- Hipnose

https://www.youtube.com/watch?v=dHp6gclr8Vo

O vídeo acima mostra um incidente bizarro em que um lojista no norte de Londres parece ter sido hipnotizado e depois roubado. O ladrão realiza uma série de movimentos que hipnotizam o comerciante. Os movimentos que o ladrão realiza parecem ser uma técnica conhecida como “ancoragem”. Esta é uma característica de uma técnica psicológica conhecida como Programação Neuro Linguística (PNL).

6- Implantes cerebrais

q6

Neurostimuladores são cada vez mais usados para tratar doenças como Parkinson, epilepsia e até mesmo depressão via estimulação cerebral profunda. Este é um procedimento muito bem aceito nos dias de hoje, mas o uso de implantes eletrônicos pode alterar a personalidade de uma pessoa.

7- Lobotomia

q7

Hoje em dia, a palavra “lobotomia” é frequentemente utilizado como uma piada, no entanto, a realidade é mais assustadora do que hilariante. Em 1949, o prêmio Nobel foi pago para o criador dessa técnica macabra. As coisas tomaram um rumo mais sombrio o que fez com que a técnica fosse marginalizada.

5 animais que já viveram no Brasil e estão extintos

Matéria anterior

10 placas de trânsito que não fazem o menor sentido

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos