Fatos Nerd

7 momentos mais apelões do Hulk nos cinemas

0

Entre fãs da Marvel e da DC Comics, uma coisa quase todo mundo concorda: Hulk é um dos heróis mais fortes que existem. O Incrível Hulk saiu direto dos quadrinhos para ganhar os cinemas, séries animadas, jogos e brinquedos. Bruce Banner é um fenômeno quando estamos falando de popularidade e, claro, força. O Gigante Esmeralda tem uma força física superior, além de outras melhorias. Mas o grande destaque do personagem é sua sede por destruição. O monstro verde simplesmente esmaga o que vem pela frente.

Adaptar o Hulk não é tarefa fácil. É preciso cuidado na hora de empregar a destruição causada pelo personagem. Se adaptarem certos momentos do herói nas HQs, pode ser que o transformem em um ser quase impossível de vencer. Mas mesmo segurando a mão para não exagerar, o Universo Cinematográfico da Marvel, o MCU, consegue fazer momentos absurdos de demonstração de força do herói. Para ser sincero: todos os longas já feitos do herói fizeram isso. Como gostamos de uma boa briga, listamos 7 momentos mais apelões do Hulk nos cinemas.

1 – Batalha contra Fenris

Em Thor: Ragnarok, podemos ver o melhor de Hulk e Thor. Inclusive quando a questão é nível de força. Além de dar uma surra no Deus do Trovão, Hulk tem uma luta memorável com Fenris. O lobo demoníaco é tão grande que faz o Gigante Esmeralda parecer uma miniatura. Mas o monstro verde não se deixa intimidar. Depois de agarrar o bicho pela cauda e jogá-lo longe, ele dá uma surra bonita de se ver no animal.

2 – Saltos gigantescos

Em Hulk, de 2003, do diretor Ang Lee, existem algumas direções criativas interessantes. De cachorros geneticamente modificados bizarros até quadros ganhando a tela, simulando páginas de quadrinhos. Uma das escolhas criativas mais interessantes é tornar o Hulk um pulador profissional. Se o personagem não é capaz de voar, ele é compensado com pulos gigantescos. No longa, ele é capaz de voar mais alto do que montanhas. É ou não apelão?

3 – Leviatã

O Leviatã, presente na invasão de Nova York, em Os Vingadores, 2012, é muito grande. O ser foi jogado na Terra junto com um exército de Chitauris, por Loki a mando de Thanos. Hulk não precisa mais do que um soco bem dado para fazer o monstro voador cair para o chão. Se você achou a vitória do monstro verde contra Fenris impressionante, aqui é mais devido ao Leviatã ser um monstro pronto para a guerra e de tamanho surreal.

4 – Comendo Ultron

Em Vingadores: Era de Ultron, vemos o robô maligno ativar um monte de outros “Ultrons capangas” em Sokóvia. Apesar de certa cena ser um grande exagero, ela não deixa de ser bem divertida e uma demonstração de força selvagem. Na cena citada, vemos Hulk quebrando robôs para todos os lados, porém em um momento ele se cansa e morde a cabeça de um dos capangas. Com um sorriso no rosto, ele mastiga a cabeça do robô. Apesar de exagerado, a cena é divertida.

5 – Mordendo míssil

Novamente no Hulk do Ang Lee, de 2003, vemos escolhas interessantes. A cena mais icônica do filme é sem dúvida a batalha no deserto. Ele rasga tanques de guerra com as mãos sem muita dificuldade. Além disso, ele destrói quase todas as armas das Forças Armadas dos Estados Unidos. A cena mais interessante dessa batalha, que demonstra o quão apelão é o personagem, mostra o Gigante Esmeralda pegando um míssil com a mão e o destruindo com a boca, mordendo-o como quem morde um palito.

6 – Batalha contra a Hulkbuster

Revisitando Vingadores: Era de Ultron, de 2015, temos uma das melhores batalhas envolvendo o Hulk. Estamos falando do confronto dele contra o Tony Strak usando a Hulkbuster. Apesar do Gigante Esmeralda ter perdido a batalha, ainda assim seu desempenho é impressionante. Tony consegue derrubar Hulk de um arranha céu no soco, fazendo-o cair fundo no chão. Porém o monstro verde não reage com mais do que poucos grunhidos e poucos arranhões. Se não fosse o soco final do Stark, com certeza o Hulk não tinha sido vencido.

7 – Deus fraco

Esse sem dúvida é o momento mais icônico de Os Vingadores, e talvez de todo o MCU. O embate entre Hulk e Loki, termina em uma surra vergonhosa para o vilão. Hulk interrompe o monólogo do vilão de Loki, agarrando-o pelo tornozelo e literalmente batendo-o de um lado para o outro no chão da cobertura de Tony Stark, como se o vilão fosse um brinquedo. Ele transforma o que deveria ser uma batalha dinâmica contra um deus em uma comédia, deixando a minúscula divindade deitada ali, ofegando no chão.

E você, quais são os seus momentos preferidos do Hulk apelão? Comenta aqui com a gente e compartilha essa lista nas suas redes sociais. E para você que também é fã do Hulk, aquele abraço.

12 coisas que você não reparou no primeiro debate presidencial de 2018

Matéria anterior

Segunda temporada de One Punch pode demorar mais alguns anos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não permitidos.

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar