7 momentos que filmes baseados em fatos reais não foram tão verdadeiros

POR Lucas Curado    EM Entretenimento      28/03/18 às 16h52

Quando vemos um filme que se vende como "baseado em fatos reais", não quer dizer que este está 100% alinhado com história verdadeira. Na verdade, isso é bem simples de se compreender. Às vezes, para envolver a audiência, diretores acabam tendo que "criar" ou "omitir" certos eventos que aconteceram.

A grande questão é que o filme não pode escapar tanto assim dos fatos e aos mesmo tempo transmita a mensagem que quer passar com a história. Pensando nisso, você já parou para analisar os detalhes que estavam "faltando" ou foram "incrementados" em alguns filmes desse gênero?

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você uma seleção de filmes que são baseados em fatos reais. Eles deixaram passar umas "coisinhas" além da realidade. Claro, não podemos tirar o mérito de nenhum deles por isso. Por mais que não sejam representações perfeitas e íntegras da realidade, não deixam de ser ótimos filmes.

1 - Prenda-me se for capaz

Esse filme de Steven Spielberg foi baseado em um grande falsificador de documentos da década de 60 nos Estados Unidos chamado Frank Abagnale. Acontece que no filme do diretor americano, algumas coisas foram modificadas e outras omitidas da história verdadeira.

Por exemplo, o Frank do filme tem uma forte ligação com seu pai, e sempre tenta fazer as coisas para que este se orgulhe dele. Contudo, o verdadeiro Abagnale não via o pai desde que fugiu de casa. Contudo, o Abagnale gostou e aprovou a ideia do diretor do filme

Uma história bem interessante que foi omitida no filme, foi a forma verdadeira que Frank foge da cadeia. Na vida real, Abagnale, de dentro da cadeia, se passou por uma agente disfarçado do FBI até ganhar a confiança do diretor da prisão. Depois ele simplesmente falou que tinha uma "reunião" com outro a gente e escapou da cadeia.

2 - O terminal

Viktor Narvorski decide viajar para Nova York e acaba ficando preso no aeroporto por sua entrada no Estados Unidos ser negada. Ele não pode voltar para seu país por conta de uma guerra. Esse é um dos casos onde a realidade é mais "estranha" que o filme. Spielberg se inpirou na vida de Mehran Karimi Nasseri, um homem que ficou vivendo em um aeroporto em Paris por 18 anos!

Na história real, Mehran tinha sido expulso do seu país devido suas ideias contra o governo. Infelizmente, quando ele chegou no aeroporto francês, seus documentos foram roubados. Quando finalmente conseguiram recuperar seus documentos, o homem simplesmente não queria sair do aeroporto.

3 - Os intocáveis

Esse filme conta a história de Phillipe e a engraçada amizade com seu ajudante Driss, que é um rapaz bem animado. O personagem Driss foi inspirado em um árabe da Argélia chamado Abdel Sellou, que cuidou do verdadeiro Phillipe.

Muitas histórias não foram incluídas no filme, mesmo algumas delas sendo hilárias. Por exemplo, Andel, no aniversário de 18 anos do sobrinho de Phillipe, convidou uma stripper para a festa, deixando o milionário furioso.  Outra história é quando Abdel pegou "emprestado" o Jaguar de seu chefe e destruiu ele. Phillipe diz que Driss não tem nada a ver com Abdelm pois o seu amigo era um cara durão que dançava muito mal... Diferente de Omar Sy.

4 - Compramos um Zoológico

No filme, o americano Benjamin Mee, após perder sua mulher, decide comprar um terreno que é na verdade um zoológico abandonado. Ele e sua família então resolvem reorganizar o zoológico e reabri-lo para o público.

Na história real, Benjamin mora na Inglaterra e sua esposa estava viva quando eles já tinham comprado o zoológico. Logo depois ela veio a falecer. A história do filho que não queria morar no zoológico foi na verdade ideia do diretor, já que na época Dylan só tinha 6 anos de idade.

5 - Dunkirk

O filme conta uma história que se passa no começo da Segunda Guerra Mundial. Um grupo de soldado ingleses são salvos da morte certa. Eles estariam presos entre o inimigo e a morte nas praias da comuna francesa de Dunkirk.

O filme foi feito para ser o mais "correto" possível, contudo, uma falha ou outra foi cometida. Naquela época, aquele local não possuía tantos indianos e franceses como pode se ver no filme. Um detalhe mais relevante é que, antes do começo da operação no filme, Dunkirk já havia sido destruída.

6 - Estrelas além do tempo

Katherine, Dorothy e Mary teriam sido de importante relevância com os cálculos que elas fizeram para Nasa. No filme é tratado toda a questão de igualdade de gênero, racial e descriminação. Contudo, ele apresenta alguns pequenos erros. O departamento que as personagens trabalharam já estaria fechado no final da década de 50. Outro detalhe é que a ambientação da NASA ficou bem mais "simples" no filme.

7 - O regresso

Esse filme, que (finalmente) rendeu a Leonardo di Caprio um Oscar, conta a história de Hugh Glass, que é deixado para morte por Fitzgerald, após esse matar seu filho.  Hugh se encontra perdido em uma floresta no meio do inverno e machucado por sua briga com um urso. A história é real, contudo, como em qualquer filme, existe algumas distorções. A luta com o urso teria sido no verão. Hugh nunca teve um filho e ao fim de tudo, ele perdoa tanto Fitzgerald quando Jim por terem deixado ele para trás.

Lucas Curado
Não só redator... Como também músico e compositor. Amante de um bom humor ácido e memes.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento tem o único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+