Curiosidades

7 perguntas respondidas que provavelmente nunca passaram por sua cabeça

0

Nós sempre julgamos as crianças pelas centenas de “porquês” que ouvimos diariamente. Mas a verdade é que todos nós temos uma centena de porquês dentro de nós. Perguntas que temos e que nunca descobrimos ao certo a verdade. E nós sabemos que muitas das perguntas, são dúvidas que todos temos, que até conversamos sobre.

São coisas que acontecem com nosso corpo ou em nossa sociedade e que não conseguimos responder. O Google está sempre ali, mas nem sempre nos lembramos de pesquisar e a dúvida perdura por meses e até mesmo anos. No entanto, agora nós vamos sanar algumas das suas dúvidas que você esqueceu de perguntar. Se prepare para se surpreender e confira agora a resposta de algumas perguntas que sempre passaram pela sua cabeça.

1 – Por que depois do doce queremos beber água?

Este é um processo similar ao que acontece quando salgamos ou adoçamos algo. Assim como acontece com os alimentos, quando comemos algo ou muito doce ou muito salgado, nosso corpo tem os níveis de sal e açúcar alterados. Esse é um processo de pressão osmótica, que faz com que o corpo ensine sinais de sede, o que evita a desidratação.

2 – Por que os fones dão nós?

Físicos californianos realizaram um experimento com vários tipos de fones. Foram mais de 3 mil tentativas, para saber o quanto e como os fios se enrolavam. Descobriu-se que na maioria das vezes o que ocorreu foram nós simples. Mas houve casos em que houve muito mais que um nó. O resultado foi que os fones que deslizam menos, que são mais ásperos, se embaraçam menos.

3 – Por que a batata e as maçãs escurecem depois de cortadas?

Provavelmente, já aconteceu com você, de picar uma maçã ou batata e depois ela escurecer. Algumas pessoas dizem que isso é por causa do ferro, mas não é exatamente assim. Na maçã, por exemplo, existe uma substância conhecida como “polifenol” que interage com tudo que encontra no ambiente e então cria a crosta marrom. Esse mecanismo acontece na natureza com o intuito de proteger o alimento das pragas.

4 – Por que os peixes do fundo do mar são tao diferentes?

Com certeza, você já deve ter visto algum peixe de aparência extremamente estranha. São os peixes mais comuns do fundo do mar. Mas por que eles são tão diferentes desses que nós conhecemos? Isso acontece porque o habitat em que eles vivem é completamente diferente e extremo. Isso porque a luz que chega lá, quase não existe. A pressão é extremamente alta e a comida é escassa. Por isso, todo o corpo do animal precisou se adaptar para esse meio, para conseguir sobreviver. Se a pele desses animais, não fosse assim tão grossa, talvez esses animais nem sequer sobreviveriam.

5 – Por que os gatos se lambem?

Com certeza, você já viu um gatinho se lambendo, com frequência, inclusive. Os gatos fazem isso para se limpar, de fato, como se fosse um banho. É por isso que a estrutura da língua do felino é cheia de protuberâncias e tem um toque um tanto áspero. É por conta dessa estrutura, que quando os gatos se lambem, eles limpam não só o pelo, mas também a própria pele.

6 – Por que mexemos os braços enquanto caminhamos?

Sempre que andamos, nossos braços se movem concomitantemente com as pernas. Mas por quê? Acontece que esse é um resquício de nossa vida no passado. Isso porque, no início de tudo, andávamos como quadrúpedes, como os demais animais. Apesar de termos aprendido a andar como bípedes, nosso cérebro ainda sincroniza o movimento de 4 patas. Não que seja impossível andar com os braços parados, no entanto, se esquecermos disso por um segundo, nossos braços já voltam a se movimentar. É como um hábito muito antigo que o nosso cérebro não consegue largar.

7 – Por que não dormimos bem na casa de desconhecidos?

Cientistas da Universidade de Brown realizaram um estudo e descobriram que não dormimos completamente quando estamos na casa de um estranho. Os estudiosos analisaram que apenas uma metade de nosso cérebro realmente adormece. Enquanto o lado direito está mergulhado no sono, o lado esquerdo está entre o sono e a vigília. No entanto, na segunda noite de sono, ambas as partes do cérebro adormecem. O mecanismo, segundo os especialistas, é resultado de um hábito de nossos ancestrais. Como eles não sabiam se estavam em um local seguro ou não, era preciso estar sempre alerta, para qualquer irregularidade.

E você, já sabia de alguma dessas respostas? Nos conte aqui nos comentários e aproveite para compartilhar com os amigos que adoram saber sobre as curiosidades do mundo.

Brinquedos revelam o visual dos heróis em Vingadores: Ultimato

Matéria anterior

Batman acaba de conhecer o seu melhor vilão

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos