Entretenimento

8 coisas que você faz de graça mas que valem muito dinheiro na internet

0

Muitas vezes conhecemos pessoas, que literalmente parecem ter o dom de transformar tudo o que “tocam em ouro”. Mas e se a gente te falar que você não precisa ter nascido com este dom, para também começar a ganhar dinheiro de uma maneira prática?

Pois bem, como você provavelmente já sabe, a internet é um verdadeiro mercado aberto, onde qualquer um pode tentar a sorte e começar a ganhar o seu próprio dinheiro.

O melhor de tudo isso, é que você pode ganhar dinheiro fazendo coisas que literalmente já faz no seu dia a dia, e de graça! Pensando exatamente nisso, nós aqui da Fatos, trouxemos 8 exemplos bastante práticos disso. Confira!

1- Comer loucamente

Se você é bom de prato e sempre pensou que essa sua qualidade só te renderia prejuízos, saiba que uma americana chamada Sarah Reign, conseguiu monetizar esse seu hobby.

Sarah tem um lucro de mais de R$ 4 mil por mês, que são pagos por pessoas que querem vê-la comer na webcam.

2- Usar camisas com logo de marcas

Sabe aquela sua camisa de políticos, rádios ou até mesmo aquela camisa de time de futebol que é carregada de merchan?  Pois bem, se você sempre as usou de super bom grado, e claro, sem cobrar nada por isso. Saiba que Jason Sadler, recebe desde 2005 uma boa quantidade em dinheiro para fazer exatamente isso!

Ele se oferece a usa camisetas de empresas e consequentemente virar um “outdoor ambulante”. O negócio de merchan humano deu tão certo para ele, que atualmente ele já coordena uma equipe para dar conta de suprir toda a demanda.

3- Clicar em anúncios

É inevitável, por mais que esse não seja o seu objetivo, sempre acabamos clicando em um anúncio ou outro que encontramos por aí. Pois bem, a notícias boa, é que você pode transformar essa habilidade em profissão. Em sites PDC (Paid to Click), muitas pessoas ganham dinheiro para se cadastrar e sair por aí clicando em uma série de anúncios. Quanto mais cliques você fizer, mais dinheiro também irá conseguir!

4- Postar fotos de produtos e serviços em seu Instagram

Foi a um restaurante legal, e fez questão de fotografar a comida, local e tudo mais de bacana que havia por alí? Bom, você pode ganhar a vida fazendo isso!

Sonja Chacon é um exemplo prático disso. Ela é jornalista e possui mais de 400 mil seguidores em sua conta do Instagram. Sonja lucra uma média de R$7 mil por mês, apenas para divulgar e fazer indicações de marcas em sua rede social.

5- Assistir a vídeos de conteúdo adulto

Sim, é possível ganhar dinheiro para assistir a esse tipo de vídeo. O que acontece é que muitos sites permitem que usuários submetam e enviem conteúdo, em uma espécie de “trabalho colaborativo”. Porém como muita gente acaba enviando conteúdos inapropriados, a empresa Crowd Flower, paga para que pessoas procurem os conteúdos indesejados, como pornografia e os examinem.

6- Deixar o cabelo crescer

Você é aquele tipo de pessoa que constantemente precisa aparar o comprimento de seu cabelo, porque ele cresce extremamente rápido? Bom, ao invés de se livrar desse cabelo todo, você pode utilizar o Buy and Sell Hair, uma plataforma que funciona como uma espécie de Mercado Livre, que trabalha apenas com a venda e compra de cabelo humano.

7- Julgar as pessoas

Se você tem esse dom nato, de olhar para alguém e já conseguir dizer se ela está certa ou errada, saiba que essa sua habilidade pode se transformar em dinheiro! O site eJury paga as pessoas para se cadastrarem e participarem de um julgamento simulado. Nele os advogados conseguem testar se a sua defesa ou acusação seria eficaz em um tribunal real. Interessante não?

8- Mandar Nudes (e outras coisinhas a mais)

Se você também é um “nudemaníaco” e sempre disponibilizou essas imagens gratuitamente para os “crushs”, saiba que existe um verdadeiro mercado que consome esse tipo de conteúdo.

Outra curiosidade, é que este mercado é bastante amplo, e até mesmo donas de casa e pessoas que nunca pensaram nessa possibilidade pode recorrer a esse tipo de serviço. Além das imagens, muitas mulheres realizam uma espécie de “strip-tease” online, e cobra por tempo ou até mesmo pela conexão via webcam.

A média de dinheiro que se pode ganhar disponibilizando esse tipo de conteúdo é de R$ 5 mil, mas obviamente ele varia conforme a frequência e procura que você pode ter. E vale ressaltar, que não existe nenhum tipo de relação ou contato físico nesse hobby, literalmente as pessoas pagam apenas para ver e ter acesso a esse tipo de conteúdo!

E então queridos leitores, que tal a gente monetizar todas essas coisas que sempre fizemos gratuitamente? Qual deles você teria coragem de cobrar para fazer? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários!

Como diferentes gerações gastam seu dinheiro?

Matéria anterior

Como é o seu estilo sexual, de acordo com o seu signo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos