Ciência e TecnologiaCuriosidades

8 motivos, comprovados cientificamente, pelos quais você engorda

0

A obesidade é uma doença, que se caracteriza pelo acúmulo excessivo de gordura corporal que se associa a problemas de saúde. A obesidade se desenvolve das mais diversas formas, sejam genética, ambiente socioeconômico, cultural educativo, individual e familiar.

“A obesidade é o resultado de diversas dessas interações, nas quais chamam a atenção os aspectos genéticos, ambientais e comportamentais.” Isso quer dizer que pessoas com pais obesos, tendem a apresentar alto risco de obesidade tendo, também, como responsáveis mudanças sociais.

Conhecimentos científicos vem demonstrando cada vez mais que existem diversos fatores responsáveis pelo ganho de peso, não apenas as citadas anteriormente. Independentemente dessas diversidades, o ganho de peso está ligado diretamente ao aumento da ingestão alimentar e redução de gasto energético.

Esse excesso de gordura corporal não apresenta sinais e sintomas diretos, a não ser que seja em níveis extremos. De qualquer maneira, a pessoa se limita esteticamente (levando em consideração determinados padrões de beleza), além de limitações de movimentos, sobrecarregam a coluna e membros inferiores, podendo desenvolver (a longo prazo) artroses de articulações da coluna, quadril, joelhos e tornozelos, além de varizes, úlceras e erisipela (inflamação da pele).

Algumas doenças decorrentes da obesidade são: hipertensão arterial; doenças cardiovasculares; doenças cérebro-vasculares; diabetes mellitus tipo II; câncer; osteoartrite; coledocolitíase. Além disso, também podem desenvolver distúrbios como: distúrbios lipídicos; hipercolesterolemia; diminuição de HDL; aumento da insulina; intolerância à glicose; distúrbios menstruais/infertilidade; apneia do sono.

É importante lembrarmos que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem.

Pensando sobre o fato de que no mundo todo, mais de meio bilhão de pessoas são obesas, a redação da Fatos Desconhecidos selecionou uma listinha com 8 motivos, comprovados cientificamente, pelos quais você engorda. Confira:

1 – Evitar refeições em família

01

De acordo com alguns estudos, as refeições em família podem nos ajudar a prevenir a obesidade e excesso de peso. Isso acontece porque esses momentos oportunizam ligações emocionais entre os membros da família e incentiva hábitos alimentares saudáveis.

2 – Ano de nascimento

02

As pessoas que nasceram com uma mutação do gene FTO (massa gorda e obesidade associada), e que nasceram depois de 1942, são mais propensas a ter excesso de peso.

3 – Música clássica

happy people in a restaurant!

Em restaurantes, principalmente, quando há música clássica de fundo, as pessoas consomem mais comida e café.

4 – Trabalhar à noite

Bearded young businessman working on modern loft office at night. Man using contemporary notebook texting message, holding smartphone, blurred background.

O organismo das pessoas, de uma forma geral, está programado para dormir quando não há luz e comer durante o dia. Trabalhar à noite te faz ganhar peso porque o ciclo fisiológico é quebrado. O que causa diminuição dos gastos energéticos totais diários.

5 – Dormir pouco, ou dormir mal

05

A falta de sono te faz ganhar peso, porque ele desempenha um importante papel no metabolismo energético. Quando não dormimos o suficiente, a tendencia é comer mais.

6 – Poluição ambiental

06

Estar exposto a determinados poluentes podem aumentar o risco de obesidade. O motivo é que alguns contaminantes se acumulam no tecido adiposo. Esses contaminantes estão presentes em alimentos ricos em gordura, como carnes e peixes gordos.

7 – Assistir TV

Se você assiste mais de 2h de TV por dia, saiba que o seu risco de obesidade cresce em 23%. Da mesma forma que dormir com ela ligada. A exposição à luz artificial durante à noite, enquanto dormimos, reduz os níveis de melatonina, um hormônio que nos protege de doenças metabólicas, que causam obesidade e diabetes.

8 – Estresse, depressão e ansiedade

08

Mulheres que sofrem estresse pós-traumático ganham peso rapidamente e estão mais propensas à obesidade do que aquelas que não passaram por situação parecida. Pelo menos, quando os sintomas da doença diminuem,os riscos de obesidade também diminuem.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Encontraram algum erro? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

O que acontece quando um jurado do MasterChef Brasil come um PF de 1 real

Matéria anterior

18 coisas que as pessoas desastradas nunca devem fazer

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos