Notícias

Brasil é o país com mais ligações indesejadas

0

Pelo quarto ano seguido, o Brasil lidera o ranking mundial de ligações indesejadas. Esses dados foram apontados pelo levantamento do aplicativo Truecaller, que aponta os locais mais afetados do mundo com chamadas de números desconhecidos ou oferecendo produtos.

Apenas em 2021 (entre 01 de janeiro a 31 de outubro), o Brasil registrou cerca de 32,9 chamadas indesejadas por usuário em um mês.

Enquanto isso, o Peru, segundo colocado, teve números bem menores. Conforme o relatório, o país apresenta 18 ligações de spam por usuários a cada mês.

De acordo com a BBC News, relatórios apontam que o Brasil é um caso à parte.

“Dizer que o Brasil tem um problema com o spam é pouco. Quatro anos consecutivos como o país mais afetado pelo spam deveria servir como alerta às autoridades locais para que sejam adotadas restrições pesadas e multas para essas atividades”, aponta o levantamento do Truecaller, de acordo com a BBC.

Em 2020, o número de ligações recebidas por usuário foi de 49,9. Isso demonstra uma diminuição de 34% desse ano em relação ao ano anterior.

O Brasil foi o primeiro lugar nos anos de 2018, 2019, 2020 e 2021.

As ligações indesejadas é um problema mundial

Diário de Notícias

De acordo com o relatório de 2021, 44% das chamadas indesejada no brasil eram vindas de serviços financeiros, como bancos, empresas de cartão de crédito e empréstimos. Em segundo lugar ficaram as ligações de vendas com 39%. Entre as ofertas estão produtos, promoções e assinaturas diversas. Além disso, 16,9% das chamadas foram de “scam”, consideradas tentativa de golpe.

A base para a classificação foi realizada por meio de colaboração dos usuários do aplicativo. Na plataforma é possível registrar os números telefônicos e demais informações sobre as chamadas indesejadas.

Além dos dois primeiros colocados, Brasil e Peru, também aparecem na lista países como Ucrânia, Índia, México, Indonésia, Chile, Vietnã, África do Sul, Rússia, Colômbia, Espanha, Equador, Turquia, Itália, Honduras, Costa Rica, Grécia, Emirados Árabes e Estados Unidos.

No período registrado foram bloqueados e contabilizados em todo o mundo 37,8 bilhões de chamadas spam. Esses números atingiram cerca de 300 milhões de usuários.

Conforme a empresa, o número de ligações indesejadas aumentam a cada ano. Isso pode ser devido ao aumento de smartphones no mercado, a adesão ao aplicativo e o próprio aumento de chamadas indesejadas.

Mesmo que o Brasil seja um “caso à parte”, outros países também estão sofrendo com as ligações indesejadas. De acordo com o levantamento, na Índia, em 2021, apenas um número telefônico disparou 202 milhões chamadas indesejadas. Isso afetou 27 mil pessoas a cada hora no país.

Ligações indesejadas e telemarketing diminuíram o número de pessoas atendendo o telefone.

De acordo com a BBC News, o relatório cobra que as autoridades responsáveis insiram medidas para solucionar o problema no Brasil. O relatório ainda aponta que o país tem hoje como respostas os cadastros nacionais e estaduais em que usuários apontam que não desejam receber ligação de telemarketing.

Uma forma de não receber ligação indesejada é cadastrando no Não Me Perturbe. O programa foi lançado em 2019 pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em parceria com empresas de telecomunicações. Após o registro, em até 30 dias a pessoa deve parar de receber as chamadas.

Fim das ligações de telemarketing

Pontotel

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) soltou uma norma que deve acabar com as ligações de marketing indesejadas. A partir de 2022, as empresas que utilizam esse tipo de serviço deverão usar o prefixo 0303 em todas as ligações. Com isso, os usuários poderão decidir se querem ou não atender uma ligação de telemarketing.

Conforme a norma publicada no Diário Oficial da União em 10 de dezembro de 2022, o Ato nº 10.413 da Anatel exige que as empresas de telemarketing utilizem o prefixo para os usuários saberem a origem da ligação.

A Anatel ainda prevê que o consumidor tenha o direito de pedir que as empresas façam o bloqueio preventivo dessas chamadas. Assim, ele não receberá mais as ligações.

Ainda de acordo com a Agência, as prestadoras de telefonia móvel têm prazo de 90 dias para regulamentação dos serviços. Enquanto isso, as operadoras de telefonia fixa têm 180 dias. Porém, não foram informadas quais as sanções por descumprimento das medidas.

Fonte: BBC, Rádio Senado

Uber Eats realiza primeira entrega espacial

Matéria anterior

Idosos são os mais atingidos pela depressão

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos