Ciência e Tecnologia

Uber Eats realiza primeira entrega espacial

0

Que os aplicativos de delivery conseguem programar entregas em lugares complicados, disso não temos dúvida! Mas dessa vez a Uber Eats conseguiu se suparar.

A empresa realizou sua primeira entrega de comida no espaço, a uma altitude média de 408 km da Terra. O delivery foi realizado no dia 8 de dezembro, em parceria com o empresário japonês Yusaku Maezawa.

Yusaku embarcou em uma missão de 12 dias a bordo da nave espacial russa Soyuz. A entrega percorreu 400 quilômetros e durou 8 horas e 34 minutos. O destino final do pedido, que continha iguarias japonesas, foi a Estação Espacial Internacional (ISS). A empresa anunciou o feito na última segunda-feira, 13 de dezembro.

Também desembarcaram na unidade o produtor de vídeo japonês Yozo Hirano e o cosmonauta da agência espacial russa (Roscosmos) Alexander Misurkin. O empresário e o produtor de vídeo embarcaram com mais um objetivo: conduzir pesquisas sobre os efeitos dos voos espaciais no corpo humano.

A entrega

Diversos pratos típicos do Japão foram entregues aos astronautas da ISS, que estão em uma viagem denominada Expedição 66. O pedido era realmente grande, já que havia peixe cavalinha cozido em missô, uma tigela de carne cozida em molho doce e alimentos enlatados.

“Obrigado por me darem a oportunidade de fazer a primeira entrega do Uber Eats no espaço. A iniciativa e o senso de aventura do Uber Eats são inspiradores. Eu nunca vou parar de me desafiar e eu espero que todo mundo continue fazendo o mesmo. Vamos fazer um mundo melhor”, disse o empresário.

entrega

Space Today

Em comunicado, a Uber informou que esta foi “uma pequena entrega para Yusaku Maezawa”, mas “uma grande entrega para o Uber Eats”. Por conta da marcante entrega espacial, a empresa ainda ofereceu um desconto de US$ 10 para os pedidos acima de US$ 20 aos primeiros 24.800 clientes que realizassem compras entre os dias 13 e 19 de dezembro.

O bilionário japonês, responsável por levar o pedido até a ISS, vai embarcar em uma viagem ao redor da Lua em 2023. Ele será o primeiro passageiro comercial a visitar o satélite natural. Não há informações se novos pedidos espaciais serão enviados para fora da Terra com o empresário.

A iniciativa da Uber Eats acende questionamentos sobre as viagens espaciais. Será que um dia os trajetos para fora da Terra serão comuns a ponto de pedidos de comida serem realizados em outro planeta?

Um outro ponto também chama atenção. As expedições espaciais estão aumentando e não estão ficando restritas a astronautas. Como exemplo, pode ser citado o voo realizado pelo bilionário Richard Branson, em julho deste ano e, uma semana depois, o voo realizado pelo dono da Amazon, Jeff Bezos.

Esses são indicativos de que o espaço está se tornando um pouco mais ‘próximo’ dos ocupantes da Terra, que anseiam por desbravá-lo. Um dia poderemos ir ao espaço como quem vai a outro país? A pergunta não é “como?”, mas “quando?”.

Os avanços conquistados até aqui determinam os avanços futuros. Sem dúvidas, um dos planejamentos para os próximos anos é a obtenção de um conhecimento ainda maior sobre a Lua, Marte e claro, muitos outros planetas. E, quem sabe, permitir que outras pessoas morem por lá. Já pensou?

Você provavelmente não sabe a verdadeira função desses itens!

Matéria anterior

Brasil é o país com mais ligações indesejadas

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications