Entretenimento

Casal americano surpreende a todos após adotar crianças pernambucanas por um único motivo

0

A adoção é uma prática que se torna mais popular a cada dia. Algumas pessoas ao resolver aumentar a sua família, optam por adotar uma criança visando que o mundo está cheio de pequeninos precisando de um lar e os cuidados de uma família para terem um bom desempenho de vida, e foi com esse pensamento que o casal Brandon e Jennifer Pratt a adotarem seus filhos, e essa decisão ocorreu há três anos quando eles pararam pra pensar e decidiram que queriam herdeiros e para isso enfrentaria um processo de adoção.

O casal americano vive em Lowa, Estados Unidos decidiram adotar uma criança no Brasil e mesmo sabendo que o processo aqui pode ser bastante demorado, resolveram buscar por informações gerais e logo decidiram enfrentar. O primeiro passo que tomaram foi ir atrás de informações de como fariam isso e assim fizeram. A principio, decidiram isso por estarem familiarizado com o Brasil, já que a irmã de Jennifer se casou com um Brasileiro e isso levou eles a darem entrada aqui mesmo, cientes de que poderiam esperar por anos até que fossem contemplados com a guarda de uma criança.

Logo em seguida decidiram que tentariam adotar irmãos abandonados que não tinham famílias ou para onde ir, já que queriam ter mais de um filho. “Nós optamos por adotar irmãos, pois sabíamos da dificuldade do processo de adoção e queríamos passar por tudo isso de uma só vez”, explicou Brandon e concordamos que é uma decisão muito sábia por parte deles.

O próximo passo foi contratar uma agência confiável para ajudá-los nesse processo que durou quase dois anos e meio. Durante esse tempo todo o casal procurou por irmãos e logo descobriram os pequenos Leandro, Enzo, Willian e Cristiano, que tinham a idade entre 2 e 6 anos. As crianças viviam em um orfanato localizado em Recife após a mãe delas perderem a guarda de todos por negligência. Após lutar na justiça para conseguir a guarda, o casal enfim conseguiu e teve que passar pelo período de adaptação que durou 30 dias.

Em dezembro do último ano a família toda se mudou para o Estados Unidos. O então pai das crianças afirmou que mesmo sem falar inglês, as crianças tiveram uma ótima e fácil adaptação ao novo lar e aceitaram tudo muito bem. Com pouco tempo depois da adoção eles já se acostumaram com a nova rotina de casa e escola e estão progredindo com muita rapidez em relação ao inglês.

O pai ainda deu uma afirmação muito comovente, onde diz: “Estamos sempre atentos para oferecer aos meninos a maior quantidade de experiências possíveis. Nós vimos um grande progresso no idioma logo que chegamos aos EUA. Eles são meninos fáceis de lidar e a adaptação está sendo bem mais fácil do que imaginávamos”. 

E aí, o que você achou dessa matéria? Uma linda atitude, né? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é de extrema importância para nós pois nos ajuda a crescer cada vez mais e com isso podemos trazer sempre o melhor conteúdo aqui para o nosso site e agradar todos os tipo de leitores, até mesmo você que é, assim como nós, Ultra Curioso.

3% é a série de língua não-inglesa mais vista nos Estados Unidos

Matéria anterior

O que acontece com o corpo se você praticar exercícios físicos todos os dias durante um mês?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications