Cientistas descobriram a região do cérebro que está envolvida em experiências sobrenaturais

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      05/06/18 às 13h01

Independente de você ser uma pessoa religiosa ou não, é provável que já tenha tido, ou conheça alguém que teve uma experiência sobrenatural. Durante muito tempo, julgamos casos do tipo com maus olhos. Mas agora os cientistas descobriram que há uma parte de nosso cérebro, localizada no lobo parietal, que está diretamente ligada a esse tipo de experiência.

Segundo o neurocientista Marc Potenza, da Universidade de Yale e membro do estudo: "As experiências espirituais são estados robustos que podem ter impactos profundos na vida das pessoas. Compreender as bases neurais das experiências espirituais pode nos ajudar a entender melhor seus papéis na resiliência e recuperação da saúde mental e dos transtornos aditivos".

O estudo

Para conseguirem localizar a exata região do cérebro onde os momentos de percepções sobrenaturais acontecem, a equipe contou com a ajuda de 27 jovens saudáveis. A instrução era que desenvolvessem um texto em primeira pessoa, contando um episódio de sua vida onde passaram por uma experiência do tipo. "Gostaríamos que você descrevesse uma situação em que sentiu forte conexão com um poder superior... Ou com uma presença espiritual", dizia o documento que os orientava.

Uma semana depois, os voluntários foram submetidos a uma sessão de ressonância magnética. Enquanto passavam pela análise, escutavam uma voz neutra e feminina lendo o texto que haviam escrito. O objetivo era fazer com que recordassem o exato momento em que tiveram a experiência sobrenatural. Dessa forma, os pesquisadores poderiam analisar a atividade cerebral, identificando como essa espiritualidade era registrada cognitivamente.

"Em todas as culturas e ao longo da história, os seres humanos relataram uma variedade de experiências espirituais. [...] No entanto, pouco se sabe sobre os mecanismos neurais subjacentes desse tipo de experiência. Particularmente quando examinados em diferentes tradições e práticas", diz Potenza.

Resultados

A partir das análises, os cientistas puderam registrar as principais atividades neurais. Concluíram que enquanto os voluntários lembravam da experiência, apresentaram padrões de atividade reduzidos no lobo parietal inferior esquerdo... Que está associado na consciência de si e dos outros. Atividade reduzida também foi registrada no tálamo, que é uma região envolvida no processamento emocional e sensorial.

Segundo os pesquisadores: "A presente descoberta sugere que as experiências espirituais podem envolver um encontro percebido com uma 'presença' ou entidade externa de si mesmo". Sim, seria como se seu cérebro tivesse um encontro com uma forma externalizada de você mesmo.

Mas vamos lá, é claro que existem algumas limitações no estudo. Isso porque todos os voluntários eram de uma mesma região, e todos falavam inglês. Sabemos que tl fator pode de alguma forma, influenciar nos resultados e fazer com que eles não se apliquem a todas as pessoas do mundo. Portanto, a equipe reconhece que podem haver falhas. Pretendem estender as pesquisas, englobando pessoas de origens diversas para que as conclusões sejam mais assertivas.

De qualquer forma, este já foi o grande pontapé inicial. Poderá servir como incentivo para pesquisas futuras que visem estudar os mecanismos neurológicos que abrangem a saúde mental. Ainda segundo os pesquisadores: "Nossa compreensão empírica de como as experiências sobrenaturais são mediadas pelo cérebro, poderá  facilitar a integração judiciosa da espiritualidade no tratamento e na prevenção em áreas de condições de saúde mental".

E então pessoa, o que acharam? Interessante, não é mesmo? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+