Como são as jornadas de trabalho em outros países?

POR Pietro Bottura    EM Curiosidades      06/09/14 às 20h52

Carlos Slim é um mexicano, e também um dos homens mais ricos do mundo. O México, por sua vez, é provavelmente o país com as piores jornadas de trabalho do mundo - ainda piores do que no Brasil! Lá, agricultores trabalham normalmente 11 horas por dias, 6 dias por semana, e recebem em torno de 250 dólares para isso.

No Brasil, é também bastante raro encontrar um emprego que não inclua pelo menos um dia do final de semana, algo que vemos como comum, mas que desrespeita os direitos humanos. Ainda assim, sempre vai ter um puxa-saco que prefere uma promoção do que os próprios direitos, e o dos outros nem se fala.

Há quem diga - como o economista Karl Marx - que a jornada de trabalho de 8 horas foi feita para embrutecer o homem, que não teria tempo de desenvolver atividades próprias e seria obrigado a recorrer à indústria do lazer e entretenimento em seu tempo livre. Dessa forma, os empresários capitalistas ganhariam em dobro: tanto na folga quanto na jornada de seus funcionários.

Tendo isso isso em mente, Slim sugere mudar a lógica de trabalho no mundo, o que seria uma forma de resolver a pobreza e desemprego: a redução das jornadas de trabalho. Para Slim, com uma jornada de 3 dias por semana, 11 horas em cada, seria possível tirar o máximo de cada empregado e deixá-lo com tempo livre o suficiente para ser empreendedor de seu próprio negócio.

O empresário diz que já está aplicando essa lógica em seus negócios, e a média salarial ainda é incerta - afinal, mantê-la seria muito custoso para o empregador, e dividí-la não mudaria nada para o empregado, que precisaria de 3 empregos e manteria seu trabalho 6 dias por semana, 11 horas por dia. Enquanto não encontramos solução, saiba aqui como é a jornada de trabalho em alguns outros países e tente não ficar revoltado:

Itália

Colosseum_in_Rome,_Italy_-_April_2007

Média de 36 horas semanais, com o máximo legal sendo 40. Salário médio de 2.900 dólares mensais, e um mês de férias por ano.

Austrália

Australia_Day

36 horas semanais para iniciativa privada, 38 para pública. Salário médio de 3.750 dólares mensais.

Suécia

512b4fb244cf7

36 horas/semana, média salarial de 3.200 dólares mensais.

Bélgica

belgium

35 horas por semana, 3.700 dólares por mês.

Suíça

2

Média de 35 horas por semana, salário em torno de 4.200 dólares.

Alemanha

berlim

35 horas por semana e 4.200 dólares por mês.

Irlanda

Ireland-Sightseeing

34 horas semanais, rendimentos médios de 4.300 dólares mensais.

Noruega

Norway3-The-carefree-Traveler

33 horas semanais, 3.800 dólares mensais e mínimo de 21 dias de férias por ano.

Dinamarca

going to denmark

Também 33 horas semanais e 3.800 dólares mensais, além de um seguro desemprego que pode durar até dois anos.

Holanda

Holland-Tulips

Apenas 29 horas por semana e 3.900 dólares por mês!

Enquanto isso, no Brasil...

ds-huehue

 

Uma pessoa com um emprego normal - como atendente, telefonista, secretário, auxiliar, estoquista, vendedor e por aí vai - ganha em média 700 reais (salário mínimo com descontos) por 8 horas diárias, o que totaliza 40 horas semanais. Não é incomum que haja trabalho também no sábado, ao menos meio período, o que nos deixa com 44 (oficial) à 48 (real) horas semanais por 350 dólares mensais - o único da lista que não tem 4 dígitos. Brasil sil sil!!!!11

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+