Entretenimento

Como seriam as pessoas se tivessem os rostos com os lados iguais?

0

“Rostos simétricos”, assim é classificado (no mundo da moda especialmente) tal beleza. Cada ser humano tem um lado mais fotogênico do rosto, certo? Mas e se todos nós tivéssemos os lados do rosto com os lados exatamente iguais? Bom, tendo como inspiração os rostos simétricos, uma exposição que se baseia no composto de dois conjuntos da face foi feita pelo fotógrafo Alex John Beck. Já leu nossa matéria com os 8 rostos famosos que que são considerados os mais bonitos do mundo?

Ele criou retratos simétricos que mostram como as pessoas iriam ficar se simplesmente tivessem o um lado do rosto idêntico ao outro, e o resultado vai te impressionar. Ao colocar na mesma imagem as características de um lado do rosto, o fotógrafo percebeu que surgem diferenças extraordinárias. Ele fotografou várias pessoas e montou retratos primeiro reproduzindo o lado direito e depois o lado esquerdo. Os retratos de rostos simétricos revelam rostos muito diferentes dos originais. Leia também a nossa matéria com os casos de transplante de rosto mais incríveis do mundo.

No seu site, o fotógrafo Alex explica que os rostos simétricos nos parecem estranhos porque é natural ao olhar humano que as pessoas tenham lados diferentes. Mas o projeto não teve só elogios, algumas das pessoas que foram fotografadas dizem não ter gostado do resultado. Além de expressões diferentes da realidade, os retratos com lados simétricos feitos pelo fotografo também revelam emoções bem diferentes. Apenas em alguns poucos casos o retrato ficou bem próximo da realidade. O resultado? Confiram agora na nossa matéria:

1.

001

2.

002

3.

2

4.

003

5.

004

6.

06

7.

06-1

8.

07

9.

08

10.

09

11.

11

12.

12

13.

1032418_69630195-orelha-criança

14.

adolescentes2

E aí, o que acharam das fotos simétricas feitas pelo fotógrafo? Comentem!

8 coisas que as mulheres raramente fazem e que os homens adoram

Matéria anterior

8 coisas que só as pessoas com cabelos cacheados entendem

Próxima matéria

Você pode gostar