Conheça as 5 inscrições em paredes mais estranhas e misteriosas do mundo

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      24/02/15 às 02h55

O grafite foi uma das mais recentes formas de arte surgidas. Durante algum tempo sofre discriminação, mas logo caiu no gosto da população urbana e hoje pode ser vista em várias partes, verdadeiras telas a céu aberto.

No entanto, existem alguns grafite que intrigam os seus observadores, pois são misteriosos ou levantam questionamentos sobre qual foi a real intenção de quem o fez. Mas não é apenas esta arte recente que parece esconder algum significado, muitas inscrições antigas também despertam a curiosidade.

1.  Placas Toynbee

rj

Esta é uma placas Toynbee, ou seja, inscrição embutidas no asfalto. Estas placas começaram a surgir no final da década de 80 e são do tamanho de uma placa de rua, aproximadamente.

Elas parecem ser feitas com uma espécie de material ultra-resistente desenvolvido para preencher rachaduras no asfalto. Isso fez com que as placas fiquem no asfalto por anos a fio.

Acredita-se que as placas originais tenham sido feitas pelo mesmo homem, chamado Morasco, que era um carpinteiro de Filadélfia. Ele morreu em 2003. Mas o estranho é que depois que o autor das Tonybee morreu, outras placas têm aparecido, o que levou muitos investigadores do mistério Tonybee a questionar se ele era mesmo o autor.

A mensagem enigmática contida nessas curiosas placas, está ligada a ninguém menos que  Stanley Kubrick, diretor do filme "2001: Uma Odisséia no Espaço", que por sua vez é baseado num conto de Arthur C. Clark chamado  "Jupiter V".

Na lista de potenciais relações com as placas estão o livro "Experiências" de Arnold Toynbee e o chefe de um jornal chamado John S. Knight. Possivelmente, a conexão mais intrigante é o "Toynbee Convector", um conto escrito pelo autor de ficção científica Ray Bradbury.

Mas as Toynbee não são exclusivas dos Estados Unidos, elas também estão presentes nas ruas do Rio de Janeiro, como a que você vê na imagem. O que o autor quis dizer, nem, neste caso o mistério permanece o mesmo que na Filadélfia.

2. Rotas quadradas

rota

Rotas quadradas são palíndromos esculpidos em latim em paredes de pedra. Vários pesquisadores, historiadores e arqueólogos estudaram estas placas.  A mais antiga foi descoberta sob as cinzas do Monte Vesúvio, e datam do ano 79 do calendário Cristão.

As rotas quadradas foram encontradas em igrejas e outros edifícios na Síria, Inglaterra, França e também Portugal. Há uma provável conexão entre As Rotas quadradas e o cristianismo primitivo.

Um anagrama das letras nas pedras podem formar as palavras Pater Noster, que significa Pai Nosso, na forma de uma cruz grega, além disso cada extremidade é coberta com as letras A e O, alfa e ômega , que simbolizam o princípio e o fim. Mas será realmente este o significado?

3. "Kilroy esteve aqui"

kilry

A frase "Kilroy estava aqui", escrita ao lado de um personagem careca de nariz grande que aparenta estar espiando por cima de uma parede esteve presente no  Muro de Berlim e lugares como banheiros públicos de diversos lugares do mundo.

Ninguém sabe exatamente o que era o tal Kilroy significava. Algumas pessoas começaram a perceber que o esboço e frase começaram a aparecer onde quer que as tropas aliadas fossem enviadas durante a Segunda Guerra Mundial. Ela parece ser uma indicação da chegada dos soldados e uma "zoação" com eles.

As tropas britânicas, australianas e também americanas, adotaram o nome Chad, Foo, Kilroy ou sombra, dependendo do país. Reza a lenda que, as origens da frase indicam que ela vem de um inspetor de estaleiro chamado Kilroy.

Ele teria a mania de pixar com giz as palavras "Kilroy esteva aqui" em seções de navios que já tinha inspecionado e aprovado. As tropas militares da guerra então teriam se deparado com aquilo, e, provavelmente, achado muito intrigante e engraçado.

4. Runas misteriosas de Hagia Sofia

runas

Hagia Sofia é uma construção monumental da época de constantino, localizada em Istambul na Turquia. Durante os anos 1970 e início dos 80, um conjunto de duas inscrições rúnicas foram descobertas num parapeito de mármore da igreja. Mas surgiu um mistério, será que aquilo eram mesmo runas ou um simples conjunto de arranhões aleatórios parecidos com runas?

A escrita foi analisada pelo Departamento de Runas em Estocolmo, e, sob a análise de vários estudiosos, elas foram traduzidas: "Halfdan fez estas runas" e "Arni fez estas Runes". O que não significava nada demais, além de um simples vandalismo. Mas não um vandalismo feito por qualquer pessoa.

A suspeita é de que a guarda varega, um grupo de guerreiros de origem viking, encarregados de fazer a guarda pessoal do imperador do Império Bizantino teriam feito a "obra de arte".

5. Símbolo Árabe

aebe

O símbolo é formado por duas linhas que se cruzam para fazer uma forma de espada curva típica dos sarracenos.  A composição da substância usada para fazer as marcas foi analisada, e revelou ser um produto químico específico, de difícil produção.

A investigação mostrou que o padrão indicava se tratar da ação de um único indivíduo. A identidade do vândalo nunca foi revelada, e nem se sabe se será.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+