• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Conheça o restaurante que ao invés de contratar chefs contrata apenas "avós"

POR Cristyele Oliveira    EM Compartilhando coisa boa      05/04/19 às 15h10

Quando você decide comer fora e conhecer um novo restaurante, o que você procura? Uma refeição requintada ou prefere apreciar uma boa comida caseira mais tradicional? Se você optar pela segunda opção, saiba que existe um restaurante em que todas as cozinheiras são avós. Afinal, (quase) todo mundo gosta de comida de vó, não é mesmo? Aqui mesmo já mostramos um projeto fotográfico que explora as receitas de avós ao redor do mundo.

Para quem não tem mais a sua avó para ir à sua casa desfrutar de uma refeição deliciosa feita com todo o amor do mundo, esse restaurante, em Nova York, pode ser uma opção para você experimentar uma comida de vó de vários lugares do mundo. O dono do Enoteca Maria, viu nesse conceito de comida de vó uma oportunidade de criar a receita do sucesso. E não poderia dar mais certo.

O restaurante

O Enoteca Maria fica no condado de Staten Island, em Nova York, nos Estados Unidos. Lá você não encontrará chefes profissionais das mais requintadas escolas de gastronomia do mundo. Mas isso não quer dizer que você poderá desfrutar de uma deliciosa refeição. Lá apenas avós de diferentes partes do mundo trabalham cozinhando. E isso tem sido um sucesso, e não é para menos.

Jody Scaravella é o proprietário do restaurante. Ele conta que a ideia de reunir apenas avós para cozinhar surgiu depois que ele perdeu sua avó, sua mãe e sua irmã. "Acho que eu estava inconscientemente tentando remendar os buracos da minha vida e ver uma avó italiana na cozinha era uma forma de conforto", disse ele ao site Gothamist.

Tudo começou quando ele publicou um anúncio no jornal em italiano procurando por uma cozinheira. O anúncio dizia o seguinte: "Procura-se donas de casa italianas que querem cozinhar pratos regionais".

Avós na cozinha

Depois de contratar a primeira avó italiana para cozinhar em seu restaurante, Scaravella decidiu expandir a sua equipe de chefs. E os próprios clientes o ajudam a encontrar novas cozinheiras. "Eu falo com todo mundo sobre o conceito do restaurante e pergunto se sabem de alguém que queira cozinhar", conta o proprietário.

Ele então selecionou mais avós de outras culturas e etnias para ampliar o cardápio com pratos de outros lugares do mundo. Hoje ele tem cozinheiras da Síria, Polônia, Nigéria, Venezuela, Equador, Turquia, França, entre outros países. E além das avós, a equipe conta também com um "avô" que faz massas frescas artesanais como nhoque e ravioli. Tudo para que os seus clientes possam apreciar um tour culinário pelo mundo.

O restaurante teve uma resposta muito positiva por parte dos clientes. E essa ideia acabou sendo um grande sucesso na cidade e que ultrapassou as barreiras de espaço. "Recebo regularmente telefonemas da Austrália, da Inglaterra e da Itália para fazer reservas. Sempre fico lisonjeado com isso", contou Scaravella.

O local é frequentado por pessoas de todo os lugares do mundo, que querem experimentar as famosas receitas que muitas vezes são passadas de geração em geração. Ele até fez um livro de receitas com os 10 pratos mais pedidos feitos pelas avós.

E você, comeria nesse restaurante? Conta para a gente o que achou dessa ideia e compartilhe com os seus amigos

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+