• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Contra previsões, bebê que nasceu sem parte do cérebro completa 4 anos de idade

POR Jesus Galvão    EM Entretenimento      21/09/18 às 16h53

Jaxon Buell nasceu em 27 de agosto de 2014, na Carolina do norte, nos EUA, tendo apenas 20% de seu cérebro. Os médicos não acreditaram que o pequeno iria sobreviver e atribuíram a ele uma baixíssima expectativa de vida. Em 2015, o garoto completou seu primeiro ano e se tornou notícia no mundo todo por tal marco.

Em 2018, Jaxon completou seu quarto ano de vida e mais uma vez ganhou os holofotes pelo feito raríssimo. Buell não apenas superou tal condição como hoje é capaz de realizar certas tarefas que os médicos julgaram que nunca seriam possíveis.

A vida de Jaxon

O menino nasceu com uma má formação congênita chamada microhidranencefalia. A doença causou nele uma deformação em seu cérebro e crânio. Normalmente, as crianças que nascem em tal condição não sobrevivem mais do que algumas horas, ou quando muito, alguns dias após seu nascimento.

Quando Britanny, a mãe do menino, descobriu ainda na gravidez sobre o que estava ocorrendo com seu bebê, ela foi orientada a abortá-lo. No entanto, tanto Britanny quanto seu esposo optaram por continuar a gestação.

As crianças nascidas com a doença, mesmo que sobrevivam podem não ser capazes de realizar tarefas simples como andar, falar, ouvir e enxergar. O pequenino Jaxon na verdade realmente tem algumas dessas funções bastante limitadas.

"Existem dias difíceis. Dias que são muito desafiadores. Dias em que nossos corações ficam partidos em vê-lo passar por dificuldades. Mas o que nos inspira é vê-lo responder para nós, é realmente incrível", contou Brandon, pai do pequeno Jaxon.

O dia a dia do menino

Jaxon conta com o apoio de uma equipe médica e faz fisioterapia uma vez por semana, entre outras atividades para ajudá-lo a tentar levar a vida com mais facilidade e da melhor forma possível dentro de suas limitações. Sua mãe o acompanha em período integral, e teve que abandonar seu emprego assim que o menino nasceu.

Britanny raramente sai de casa, uma vez que as condições externas como o barulho e as buzinas dos carros, podem acabar desencadeando uma convulsão no bebê. "Enquanto meu marido está trabalhando eu não saio de casa. Mas quando ele está em um dia bom, nós podemos dar uma volta no bairro, não é tão difícil", contou Britanny.

Apesar de todas as conquistas de Jaxon, os médicos ainda não acreditam que o menino poderá sobreviver por muito anos mais. Entretanto, os pais do garotinho não veem dessa forma.

"Nós não pensamos muito nisso e procuramos não sofrer antecipadamente. Às vezes eu penso sobre isso e fico muito emotiva. Mas nós o tratamos como qualquer outra criança. Nós damos a ele tudo que podemos. Nós brincamos com ele, como faríamos com qualquer outro bebê. Eu não penso sobre perdê-lo, mas confesso que já me preparei mentalmente para esta possibilidade. Isto vai acontecer em algum momento, mas ele não está dando nenhum sinal de que será em breve", contou a mamãe.

No começo, os pais de Jaxon compartilhavam algumas fotos referentes a sua jornada de superação. No entanto, após críticas e alguns comentários, eles optaram por desativar as páginas das redes sociais. Em seus perfis pessoais, tanto Britanny quanto Brandon, esporadicamente, atualizam seus seguidores e amigos sobre o estado de saúde do menino.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Bebe Mamãe  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+