Fatos Nerd

Deadpool acaba de se lembrar que matou os pais de Batman

0

Thomas e Martha Wayne estão em alta! O casal foi base para a edição Batman #47, na qual descobrimos que, sem o seu assassinato, o Universo DC basicamente não existiria. Em paralelo a isso, também tem sido um mês bem agitado para o Deadpool. E o que os dois tem em comum? Já vamos explicar… Primeiro, vamos relembrar alguns fatos. Em meados de 2017, a Marvel Comics anunciou que Deadpool voltaria às suas origens. Com sua memória apagada, o Mercenário Tagarela voltaria a ser representado como vilão. Da mesma forma que foi introduzido nos quadrinhos no começo da década de 1990.

Intitulada The Despicable Deadpool, a revista foi comandada pelo roteirista Gerry Duggan e o ilustrador Scott Koblish. Na história, Wade Wilson precisa pagar uma dívida pendente com Stryfe. O preço sai por quatro vidas, sendo uma delas a de Cable. Deadpool não pensa duas vezes antes de começar a fazer o que sabe de melhor: matar muita gente. Essa fase do personagem faz parte da reinicialização da editora, chamada Marvel Legacy. Com ela, a empresa pretende retomar histórias de seus personagens clássicos ao voltar com a numeração original.

E os Wayne com isso?

The Despicable Deadpool é a história que antecede a retomada de numeração dos quadrinhos do personagem. Em Deadpool #1, vemos Wade Wilson seguir com sua vida. Dessa vez, ele tem um novo parceiro no crime, ou melhor, parceira: a Míssil Adolescente Megassônico. Na trama, descobrimos que um de seus atos podem causar mais confusão do que o planejado. Wade tenta, então, descobrir algo legal de seu passado para fazer com que as pessoas gostem um pouco mais dele. Alguma origem interessante, no mínimo. Nessa revirada, ele descobre que foi o responsável pela morte dos pais de Bruce Wayne! – ou quase isso.

O flashback mostra a conversa que ele teve com um menino logo após matar seus pais em um beco. Deadpool pede desculpas ao garoto, mas diz que seus pais deveriam ser uma “grande merda”, caso contrário, pessoas escrotas não o teriam contratado para mata-los. No fim, o personagem ainda concede algumas dicas à criança. “Não cresça para virar um clichê. Fique longe de cavernas e não se vista como uma espécie de mamífero enquanto busca por vingança pela injustiça. Essa é uma vida ruim e você não quer nada disso”.

A Míssil Megassônico ainda confere para ter certeza se o caso realmente aconteceu. E confirmou o fato. Quando eles vão atrás do garoto, descobrem que ele cresceu e não se transformou no Batman, mas em algo muito pior. Ele virou um homem violento e que, muito provavelmente, aparecerá nas edições futuras.

Os nomes Bruce, Wayne ou mesmo Batman não foram mencionados devido a diretos autorais, claro. No entanto, a referência é óbvia. Sem contar que é uma história de Deadpool, e os roteiristas estão acostumados a colocar várias referências de todos os universos da cultura pop. Concorrentes ou não.

A história do homem que foi processado pelos próprios pais para sair de casa

Matéria anterior

7 maneiras totalmente sem noção que as pessoas do passado tentavam perder peso

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos