Entretenimento

Drone captura a incrível desigualdade que existe no mundo

0

Não é nenhum segredo que a desigualdade social é um problema presente em todo o mundo. A pobreza existe em todos os países, sejam eles ricos ou pobres, mas é claro que a desigualdade é mais vista em países menos desenvolvidos.

Na cidade de São Paulo, por exemplo, podemos ver claramente a desigualdade social da favela de Paraisópolis encravada no abastado bairro do Morumbi. O fotógrafo Tuca Vieira fez uma foto comparando os dois lugares em 2004 e a imagem foi publicada no jornal Folha de São Paulo.

Bom, recentemente outro fotógrafo, um sul-africano chamado John Miller, resolveu usar o drone para registrar em imagens como a desigualdade está presente em diferentes cidades do mundo. O resultado ficou incrível e a Fatos Desconhecidos mostra para vocês.

A desigualdade social em imagens

1- Oyster Bay, na África do Sul

O nome do projeto é “Unequal Scenes” (Cenas Desiguais, em tradução livre) e o primeiro lugar fotografado foi a África do Sul.

2- Nairóbi, Quênia

Depois, ele focou em fazer imagens de grandes cidades do mundo, como Mumbai (Índia) Cidade do México, e até por Nairóbi (Quênia).

3- Cidade do Cabo, África do Sul

Para ele, a visão dos drones permite ter uma perspectiva muito melhor da desigualdade de vida nas cidades escolhidas para o projeto.

4- Cidade do México, México

Em entrevista, John Miller disse o seguinte sobre o projeto: “As desigualdades em nosso tecido social estão muitas vezes escondidas e difíceis de ver a partir do nível do solo. Barreiras visuais, incluindo as próprias estruturas, nos impedem de ver os incríveis contrastes que existem lado a lado em nossas cidades”.

5- Mumbai, Índia

O fotógrafo espera que suas imagens possam ajudar na Objetividade. Para ele, “o drone distancia o fotógrafo e o espectador da fotografia, tanto física como mentalmente, e provoca uma análise do olhar distante. Permite uma separação do sujeito que pode ser poderosa quando a gente lida com um problema com alta carga emocional como a desigualdade”.

6- Joanesburgo, África do Sul

“Se as imagens provocam sentimentos desconfortáveis de medo, desespero ou uma desconcertante realização de cumplicidade…isso é bom. Elas têm essa pretensão”, afirmou Johnny Miller.

7- Detroit, Estados Unidos

Mas e você, ficou espantado com o resultado do trabalho do fotógrafo? Não esqueça de comentar aqui embaixo pra gente.

Esse áudio assustador mostra como seria se os macacos falassem

Matéria anterior

Como Thanos se encaixa na teoria da viagem do tempo de Vingadores 4

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos