Entretenimento

Essa mulher deu uma pizza a um mendigo, mas ela não fazia ideia de quem se tratava

0

Às vezes, alguns atores se dedicam tanto as seus trabalhos, que acabam entrando profundamente em seus personagens. Durante as gravações para o filme O Encontro (Time Out of Mind), lançado em 2015, Richard Gere provou o quanto isso é possível.

Durante uma vista à cidade de Nova York, uma turista francesa descobriu isso de uma forma completamente inesperada. Ao passear com sua família nas proximidades da Grand Central Station, por volta das 18h, Karine Gambeau, de 42 anos, encontrou um homem utilizando roupas velhas e rasgadas, escondendo uma garrafa de bebida alcoólica dentro de um saco plástico e procurando comida numa lata de lixo.

A mulher decidiu dar ao homem alguns pedaços de pizza que haviam sobrados do jantar com sua família, sem se dar conta que ele era um dos maiores atores de Hollywood e interpretava um papel para uma produção de cinema.

No filme, Richard Gere interpreta George, um morador de Nova York que vai morar num abrigo para sem tetos depois que é expulso do apartamento em que vivia. Apesar de considerar o ambiente hostil, ele conhece Dixon (Ben Vereen) e os dois se tornam grandes amigos. Com a saúde fragilizada e sem ter para onde ir, George conta com a ajuda de Dixon para reparar os erros do passado e restabelecer a relação com sua filha.

Somente dois dias depois do ocorrido, quando viu sua fotografia nos jornais, Karine percebeu que havia ajudado um astro do cinema durante seu ato de generosidade.

Ela contou que se aproximou do homem depois de vê-lo mexendo no lixo. “Eu disse ‘Je suis désolée [Me desculpe], mas a pizza está fria”, declarou depois de entregar o pacote com restos de comida para o suposto morador de rua. “Ele apenas agradeceu ‘Muito obrigado. Que Deus te abençoe’”, relembrou Karine.

A mulher declarou que se sentiu completamente afetada e emocionada ao ver o homem procurando comida no lixo, pois isso era o maior sinal de que ele não tinha nada, enquanto muita gente desperdiça alimentos diariamente.

Apesar de estar gravando para um filme, Richard Gere não estava cercado por câmeras. A produção de O Encontro decidiu fazer as gravações sempre a grandes distâncias, com a ajuda de câmeras teleobjetivas. Dessa forma, o ator podia andar pela cidade sem que as pessoas percebessem que uma gravação estava acontecendo.

Relembrando o episódio, Karine chegou a dizer que algumas pistas poderiam indicar que algo estranho acontecia ali, pois frequentemente pessoas abordavam seu marido para pedir que ele parasse de filmar o ambiente ao redor, mesmo que eles agissem como turistas normais.

Segundo Richard Gere, a opção pelo estilo de filmagem foi feita para que ninguém percebesse que um filme estava sendo produzido. “Por isso que as câmeras estavam sempre longe ou escondidas. Tudo com o objetivo de passar despercebido nas ruas de Nova York”, comentou.

Além disso, o ator chegou a demonstrar surpresa com a situação. Isso porque, depois de três semanas de gravação, somente duas pessoas conseguiram reconhecê-lo no meio das ruas, por baixo dos trajes de morador de rua. “Essa experiência me permitiu comprovar que as pessoas estão completamente isoladas. Caminhamos pela rua em nosso mundo, em uma cápsula, sem dar conta do que acontece ao nosso redor”, ressaltou.

Independente de ser um ator ou verdadeiro morador de rua, a situação está aí para nos mostrar que a generosidade é importante e pode realmente fazer a diferença. Talvez o pedaço de pizza não tenha salvado Richard Gere da fome, mas teria representado muito na vida de um dos invisíveis e isolados moradores que vivem na rua, utilizando as próprias palavras do ator.

Ela foi abandonada no altar e decidiu fazer uma sessão de fotos para mostrar que não se abalou

Matéria anterior

“Quanto vale?” – Conheça a parábola que dá uma lição sobre o seu próprio valor

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.