Entretenimento

Esse é o verdadeiro significado dos arrepios que você sente enquanto ouve música

0

Você conhece a sensação. Você está ouvindo algumas músicas quando começa justamente aquela, a especial. De repente seu corpo inteiro sente algo inexplicável e a reage com arrepios como se algo tomasse conta do seu corpo. Pode parecer estranho, mas são emoções naturais que algumas músicas podem provocar em você.

Já aconteceu com quase todo mundo. Pode ser uma música que foi tocada no rádio de forma inesperada, a escolha certa de um DJ durante a balada ou o modo aleatório da playlist que coloca justamente aquela canção que provoca arrepios em sua espinha.

A esse calafrio, se dá o nome de frisson. A palavra é de origem francesa e, segundo o dicionário, significa uma animação ou excitação intensa, geralmente curta, que se dá em alguém.

A sensação é frisson é vivida por aproximadamente dois terços da população do mundo e é uma forma de arrepio utilizada pelo corpo para expressar uma resposta emocional a algo que provoca fortes sentimentos ou percepções no corpo.

Segundo um artigo escrito por Mitchell Colvert e divulgado na publicação The Conversation, “escutar músicas emocionates é o gatilho mais comum para sensações de frisson, mas algumas pessoas podem sentir isso ao olhar para obra de arte, ver uma cena emocionante num filme ou ter contato físico com outra pessoa.”

No texto, Colvert também explica que foi possível perceber que se uma pessoa estava com uma conexão mais profunda com uma música, ela estaria mais propensa a sentir o frisson, como resultado direto de estímulos provocado pela imersão cognitiva nos trechos sonoros.

Para testar os efeitos, os pesquisadores colocaram participantes voluntários conectados a uma máquina que media os estímulos e respostas da pele a alguns trechos musicais. Os artistas incluíram uma variedade de artistas que iam do popular ao clássico. De acordo com os resultados, as músicas selecionadas continham ao menos um trecho que podia ser descrito como um momento de clímax capaz de causar o frisson.

Além disso, participantes completaram um teste de personalidade que foi capaz de dizer que as pessoas que apresentaram o frisson foram considerados mais “aberto a experiências”. Os estudos mostraram que as pessoas com esse traço de personalidade tem animações ativas, apreciam a beleza e a natureza, buscam novas experiência e refletem profundamente seus próprios sentimentos.

Colver e sua equipe também descobriram que não é apenas o lado emocional do traço de personalidade que causa a reação física à música, mas o lado cognitivo também é fundamental. Em resumo, as pessoas que conseguem se conectar de forma mais profunda com a música num nível mais intelectual são capazes de ouvi-la num espectro emocional que permita o frisson.

E você, já sentiu isso em sua vida? Que músicas causam esse tipo de frisson em você? Conte para a gente nos comentários.

10 fotos mais incríveis que você vai ver na vida

Matéria anterior

10 razões para adorar Saitama, de One Punch Man

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.