Esse foi o primeiro barulho captado nos anéis de Saturno
Tempo de leitura:1 Minutos, 31 Segundos

Esse foi o primeiro barulho captado nos anéis de Saturno

Durante o primeiro mergulho da sonda Cassini, uma missão espacial não-tripulada enviada ao planeta Saturno e seu sistema planetário, entre Saturno e os anéis do gigante de gás, em 26 de abril deste ano, astrônomos da NASA conseguiram descobrir uma paisagem sonora – estudo e análise do universo sonoro que nos rodeia -, gerada do vazio.

O som foi detectado através de um instrumento utilizado pela Cassini. Com o aparelho foi possível descobrir “os impactos de centenas de partículas de anéis por segundo” vaporizando em gás eletricamente excitado quando estava do lado de fora dos anéis principais de Saturno. Porém, dentro da lacuna, detectou muito poucos.

“Foi um pouco desorientador, pois não estávamos ouvindo o que esperávamos ouvir”, disse William Kurth, líder da equipe na Universidade de Iowa. “Ouvi nossos dados do primeiro mergulho várias vezes e provavelmente posso contar nas mãos o número de impactos de partícula de poeira que ouvi”, contou.

Cientistas conseguiram converter essas detecções em arquivos de áudio, que soam como um ruído ou dá a impressão de que está prestes a acontecer uma destruição. Confira.

Além do som, o primeiro mergulho nos anéis de Saturno revelou ainda que essa região misteriosa e inexplorada é bastante desprovida de partículas. “A região entre os anéis e Saturno é ‘o grande vazio’, aparentemente”, disse o gerente de projetos da Cassini, Earl Maize.

Novos testes

Nesta terça-feira, 2, a Cassini se prepara para mais uma vez ir na lacuna entre Saturno e seus anéis. Após esse mergulho, a missão espacial terá apenas mais 20 órbitas até que mergulhe de vez na atmosfera de Saturno. Enquanto isso, de acordo com Maize, o que foi descoberto durante a primeira visitação vai ser analisado.

Qual é a sua opinião sobre essa descoberta? Não esqueça de compartilhar essa novidade com seus amigos.