• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Esses são os inventores adolescentes que mudaram o mundo

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      16/03/18 às 19h22

Normalmente conhecidos por seu extremo humor, pelo vício nos memes das redes sociais e até mesmo por seu estilo meio duvidoso, os adolescentes são, por vezes, julgados injustamente. Temos aquela velha mania de acreditar que nenhum deles tem interesse nos assuntos sérios da vida, mas acredite... Muitos são capazes de quebrar esses velhos estereótipos e surpreender positivamente.

Com o advento da tecnologia, é muito mais comum que eles despertem um olhar mais crítico em relação ao mundo. Que sintam vontade de realmente agir em relação a algo, tomar a frente de determinadas questões. Muitos jovens ao redor do mundo iniciam no campo da ciência de forma precoce e desenvolvem tecnologias que nem mesmo um pesquisador experiente foi capaz de imaginar. Confira abaixo alguns deles!

1 - Keiana Cavé, 18 anos, Nova Orleans

Tudo começou com o derramamento de óleo da Deepwater Horizon, que ocorreu em 2010 no Golfo do México. Foram aproximadamente 4,9 milhões de barris de petróleo derramados em algumas das águas mais importantes de nosso planeta. Após o acidente, milhares de bebês golfinhos morreram. Sem contar que cientistas e pescadores começaram a relatar mutações em outros animais marinhos.

Ao assistir os noticiários que mencionavam a tragédia, Cavé logo imaginou que os danos ambientais seriam bem maiores que o imaginado. Foi então que ela decidiu pesquisar o que estava de fato acontecendo. Com apenas 15 anos, passou a estudar sobre os efeitos que o óleo sofre quando deixado sobre a superfície do oceano. Assim, descobriu que após ser atingido pelo raios solares UV, ele reage formando produtos químicos cancerígenos.

Suas pesquisas resultaram em nada menos que dois artigos científicos e patentes, onde ajuda na detecção de agentes químicos cancerígenos. Também desenvolveu uma startup onde tem como objetivo, tornar tais substâncias menos nocivas. Ainda vale mencionar que suas pesquisas renderam aproximadamente 1,2 milhões de dólares em financiamento. Genial, não acha?

2 - Rifath Shaarook, 18 anos, Índia

Desde muito pequeno, Shaarook demonstrava interesse pela astronomia, influenciado pelo pai que era cientista. Quando adolescente, entrou para uma organização que tem como objetivo fomentar a paixão de jovens apaixonados por tecnologia, a Space Kidz India. Por lá, formou uma equipe  com seis pessoas e nos quatro anos seguintes, com a ajuda do diretor da organização, se dedicou a desenvolver um satélite.

Depois de noites sem dormir e muita dedicação, o grupo de jovens conseguiu criar o KalamSat, o satélite mais leve do mundo. Apenas para que você tenha ideia, possui apenas 64 gramas, 3,8 centímetros e é feito de plástico com fibras de carbono. Ele possui diversos sensores que são ativados apenas no momento certo, sem contar que ainda possui sua própria fonte de energia. No dia 22 de junho de 2017, instalações da NASA na  Virgínia fizeram o lançamento do dispositivo. Foi um verdadeiro sucesso, cumprindo a missão que pretendia.

3 - Hannah Herbst, 17 anos, Flórida

Com apenas 15 anos de idade, Herbst foi estimulada a inventar. Enquanto conversava com um amigo de 9 anos, que já havia morado na Etiópia, ela descobriu que diversas pessoas no mundo ainda vivem sem eletricidade. Sentiu que deveria fazer alguma coisa para tentar ajudar. Foi então que desenvolveu o Beacon, equipamento capaz de levar acesso eletrônico à países, por meio de energia oceânica. Assim como os adolescentes acima, ela conseguiu revolucionar uma área da ciência.

Sua tecnologia permite que as marés forneçam energia para um gerador hidrelétrico. Por meio de diversos outros processos, a eletricidade pode ser gerada. Ela estima que se seu projeto sofresse ampliações, seria possível carregar em uma hora, três baterias de carro de forma simultânea.

Ainda menciona que a energia poderia ser utilizada para abastecer tecnologias de purificação de água pu até mesmo centrífugas de sangue em hospitais que necessitem. Sua invenção ganhou um prêmio Discovery de Educação, como jovem cientista revelação, no ano de 2015. É realmente impressionante!

4 - Julian Rios Cantu, 18, México

E este é um dos inventores adolescentes mais jovens do mundo. Enquanto tinha apenas 13 anos de idade, conviveu com o sofrimento da mãe ao descobrir um câncer de mama. Em 6 meses, o nódulo cresceu bastante. Depois de muita luta ela finalmente foi curada, em contrapartida, precisou fazer a retirada de ambos os seios.

Na intenção de ajudar outras mulheres e evitar que passem pela mesma situação, ele contou com a ajuda de 3 amigos e juntos, formaram a empresa Higia Technologies. Estão desenvolvendo um dispositivo que pode ser capaz de detectar os sinais iniciais da doença. Trata-se de um sutiã chamado EVA. Ele é um dispositivo que pode ser conectado a sutiãs normais, contando com sensores que ajudam a fazer a detecção. Basta utilizá-lo por uma hora diária e já será o suficiente.

A intenção é procurar por mudanças na elasticidade e temperatura da pele, que podem indicar sintomas de um câncer. Após fazer as análises, o dispositivo envia as informações para um aplicativo da empresa que, por meio da leitura de algoritmo da inteligência artificial, pode calcular os riscos que a pessoa tem de desenvolver a doença.

Embora já tenha recebido mais de 20 mil dólares em financiamento, o projeto ainda tem um longo caminho pela frente. Ainda não foi testado de forma adequada e outras tecnologias semelhantes já foram refutadas no passado. No entanto, é fato que se o resultado deste projeto for positivo, ele ajudará a salvar milhares de vidas mundo afora. Os inventores adolescentes são os que ganham mais destaque no cenário mundial.

E então pessoal, o que acharam? Qual dos adolescentes teve a melhor ideias? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Via   BBC  
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+