Ciência e Tecnologia

Esses vídeos reais mostram o grande poder das armas nucleares

0

O físico de armas Greg Spriggs, do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LNLL), lançou um projeto que visa digitalizar e documentar milhares de filmes sobre a história de testes de armas nucleares nos EUA.

O compilado de vídeos foi publicado no canal oficial do laboratório e reúne imagens de cerca de 210 teses nucleares que aconteceram no país entre 1945 e 1962. Cerca de 10 mil filmagens foram capturadas durante os testes e cerca de 4.200 foram convertidas para formatos digitais.

A preservação dos filmes

Vários programadores estiveram envolvidos no projeto de Spriggs, e foram responsáveis pelas análises das imagens para definir diversas informações referentes aos aspectos técnicos. Como taxas de quadros, variações de ângulos, entre outras atribuições.

Muitos do testes foram realizados no estado de Nevada ou em atóis no meio do Oceano Pacífico. As imagens ainda incluem testes realizados na operação Plumbbob e Dominic. Os vídeos capturados serviam para orientar os pesquisadores para o desenvolvimento de armas e para testes futuros.

Além de que, em comparação com a tecnologia utilizada na época, através das imagens, erros que foram cometidos pelos pesquisadores poderão ser apontados pela equipe de Spriggs. Testes nucleares foram interrompidos mundialmente em 1996, mas os EUA não os realiza desde 1991. O que acabou fazendo com que pesquisas sobre armamento nuclear ficassem perdidas no tempo.

“[…] Uma das recompensas deste projeto é que agora estamos obtendo respostas muito consistentes. Também descobrimos coisas novas sobre essas detonações que nunca foram vistas antes. Novas correlações estão sendo usadas pela comunidade forense nuclear, por exemplo”, afirmou o físico.

Spriggs está animado como as imagens e vídeos capturados que podem contribuir para melhorar o conhecimento sobre armas nucleares e sobre seu poder destrutivo. “Esperamos que nunca mais tenhamos que usar uma arma nuclear. Acho que se capturarmos a história disso e mostrarmos o que é a força dessas armas e quanta devastação elas podem causar, talvez as pessoas relutem em usá-las ”, concluiu.

Abaixo você pode conferir alguns dos videos do primeiro lote que foi liberado no YouTube:

#1

#2

#3

#4

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

7 fatos inusitados sobre a Alemanha que te farão voar para lá agora mesmo

Matéria anterior

10 quebra-cabeças que só os mais atentos vão conseguir resolver

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.