Experimento Filadélfia, o teletransporte usado pelos EUA na 2º Guerra Mundial

POR A redação    EM Mistérios & Horror      01/12/15 às 19h51

A experiência Filadélfia ou Projeto Filadélfia foi um suposto projeto naval militar realizado no Estaleiro Naval da Filadélfia, na cidade de Filadélfia, estado da Pensilvânia, Estados Unidos. O fato aconteceu no dia 28 de outubro de 1943, onde o destróier da Marinha dos EUA USS Eldridge tornou-se invisível aos observadores pro um breve período.

O que parece ter acontecido foi um teletransporte do porto de Filadélfia para Norfolk, a 400 quilômetros de distância. Esse experimento só foi possível a partir das teorias de Nikola Tesla, um inventor nos campos da engenharia mecânica e eletrotécnica de etnia sérvia, ele falou a respeito do teletransporte através do uso de campos elétricos e magnéticos.

Na-današnji-dan-umro-je-najve?i-izumitelj-Nikola-Tesla

Tudo começou nos anos 50, em meio a explosão de teorias de conspiração e de ufologia, onde Morris K. Jessup, um astrônomo amador, publicou um livro no ano de 1955 chamado The Case for the UFO, o qual ele tenta explicar o mecanismo de propulsão alegado pela UFO, que apontava o uso de campos electromagnéticos. O livro não fez sucesso, até que Carl Meredith Allen escreveu duas cartaz a Jessup, onde relatou o que seria conhecido como o Experimento Filadélfia.

projeto_filadelfia_02 (1)

De acordo com Allen, a Marinha dos EUA estava interessada em estudos durante a II Guerra Mundial , a ideia dos militares alcançarem, através de campos magnéticos, um meio de um navio invisível ao radar e também ao olho humano. Em meados de abril, eles começaram a fazer experimentos com o USS Eldridge, e em sua primeira tentativa, o navio desapareceu sob uma névoa esverdeada, mas surgiram vários efeitos estranhos sobre a tripulação do navio, fazendo com que a Marinha procurasse apenas desaparecer o navio dos radares.

Segundo a história, o navio não só desapareceu na névoa por alguns minutos, mas foi visto perto das docas em Norfolk, Newport, a mais de 400 quilômetros da Filadélfia, e alguns minutos mais tarde reapareceu no porto da Filadélfia. Ainda dizem que depois do suposto teletransporte, os tripulantes ficaram com efeitos colaterais, como dores insuportáveis, pessoas com doenças mentais e até pessoas faltando membros.

maxresdefault

A Marinha dos EUA afirma que o experimento Filadélfia nunca existiu, e que não tem nenhuma prova do acontecido. Eles ainda dizem que isso está relacionado a uma fraude feita por mídias locais e que com o tempo, eles foram levados para teorias de conspiração para apoiar a ufologia.

E aí queridos companheiros, gostaram da matéria? Comenta aqui pra gente!

Via   Msn  
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+