Entretenimento

Garotinha de 9 anos que nasceu sem mãos vence concurso de caligrafia

0

Nem todos nós gostamos de caligrafia, na verdade, grande parte odeia. Vamos combinar que era uma tarefa de uma ruindade sem tamanho ter que escrever páginas e páginas com uma mesma frase como castigo por termos conversado muito na aula. No entanto, Anaya Ellick, moradora de Chesapeake, na Virgínia, parece não ter os mesmos traumas que nós, já que ela foi campeã de um concurso de caligrafia.

Imagine só, ganhar um prêmio de caligrafia, com o detalhe de que não se tem as mãos, nenhuma delas. Essa é a história Anaya. Enquanto muitos de nós reclamamos da vida por coisas tão pequenas e bobas, Anaya mostra que há coisas mais importantes com o que se preocupar.

A deficiência

2 255, Fatos Desconhecidos

Anaya nasceu sem as duas mãos, mas preferiu, por vontade própria não usar próteses. A estudante não se sentia bem com as próteses e dizia que elas mais atrapalhavam do que ajudavam e por isso decidiu lidar com a deficiência do seu modo. Não deixou de fazer nada do que fazia, mas buscou formas de fazê-lo de seu modo.

Criou técnicas para que pudesse desenhar, e claro, escrever. Anaya segura o lápis com o braço direito e com o cotovelo esquerdo segura o papel sobre a mesa, para que ele não escorregue. É dessa forma que menina desenha, pinta e conquista até mesmo prêmios pela excelente caligrafia.

Bicampeã

1 271 600x471, Fatos Desconhecidos

O prêmio Nicholas Maxim, faz parte do prêmio nacional Zaner-Bloser. A competição premia crianças com algum tipo de necessidade especial e que tem a melhor caligrafia. E está não foi a primeira que Anaya conquistou o título. Em 2016, quando ela cursava o primeiro ano do ensino fundamental, conquistou o prêmio pela primeira vez.

Em 2018, agora no terceiro ano, Anaya conquistou novamente o prêmio pela excelente caligrafia. A estudante disputou com outros 50 alunos dos EUA e além do troféu, foi premiada também com 1 mil dólares.

Nós sabemos que você deve estar com um cisco no olho, mas não deixe de compartilhar essa história com os seus amigos. Comenta com a gente o achou da história de Anaya, emocionante não?

7 remédios antigos com efeitos colaterais terríveis

Matéria anterior

A maneira incrível que a Austrália encontrou de livrar os rios da poluição plástica

Próxima matéria

Você também pode gostar

Comentários

Comentários não são permitidos