Curiosidades

Histórias inacreditáveis de quem desceu as Cataratas do Niágara

0

As Cataratas do Niágara são um agrupamento marinho localizado no rio Niágara, entre a fronteira do estado norte-americano de Nova Iorque e da província canadense de Ontário. Elas são um ponto turístico bem conhecido por conta da sua beleza natural.

Quem é fã do desenho Pica-Pau se lembra do episódio em que ele desce as Cataratas do Niágara em um barril. Claro que quando somos crianças, e até mesmo adultos, pensamos que aquilo é uma coisa de desenho e nunca poderia acontecer de verdade na vida real. Mas a realidade não é bem essa.

Em 1829, Sam Patch foi a primeira pessoa a sobreviver a queda que, tecnicamente, era menor do que descer de fato as cataratas. Para conseguir esse feito, o homem pulou as quedas do lado canadense das cataratas.

Depois de Sam, começou uma disputa entre as pessoas que queriam viver uma experiência radical e aquelas que buscavam a fama. Como resultado, vários aventureiros desceram as Cataratas do Niágara. Desses, muitos acabaram perdendo a vida ou ficaram gravemente feridos. Entretanto, também tiveram aqueles sortudos o bastante para descer as Cataratas do Niágara e sobreviver para contar a história. Mostramos alguns casos de pessoas que pularam nas cataratas.

1 – Kirk Jones

Aventuras na história

Esse homem desceu as Cataratas do Niágara em 2003, enquanto estava completamente embriagado. Nessa época, ele tinha 40 anos e morava em Canton, no Canadá.

Kirk desceu as cataratas porque, em uma noite de bebedeira com seus amigos, um deles o desafiou a pular sem roupas de segurança nas águas das cataratas. O homem aceitou o desafio e pulou. Nesse sentido, Kirk ficou desaparecido depois de pular, e só foi encontrado de manhã.

Embora tenha saído quase ileso da queda, Kirk foi multado em 2.300 dólares e foi enviado de volta para os EUA, por ser cidadão de lá, e foi banido de entrar no Canadá.

Alguns anos depois, Kirk tentou de novo o feito, mas em uma bola inflável. Só que infelizmente ele não teve tanta sorte. O homem ficou desaparecido por duas semanas até que seu corpo foi encontrado sem vida.

2 – Robert Overacker

Aventuras na história

Para descer as Cataratas do Niágara em 1995, Robert planejou um espetáculo radical. Na época, o americano tinha 39 anos e foi incentivado por amigos a pular nas cataratas. Como ele era formado em uma escola de acrobacias, a ideia de Robert era atravessar a catarata com um veículo motorizado, no caso um jet ski.

Para isso, o jet ski, com auxílio de um paraquedas, seria lançado contra a queda d’água. O motivo de Robert estar fazendo isso era nobre: para amparar os sem-teto. Então, em outubro de 1995, ele entrou no parque evitando chamar atenção dos guardas.

Depois disso, Robert foi em direção à correnteza e se atirou em cima dela. Contudo, quando ele ativou o paraquedas, a propulsão do foguete desprendeu a ferramenta de seu corpo, o deixando sem nenhuma segurança. O corpo dele foi resgatado por um barco de passeio que estava vendo a queda do homem.

3 – Karel Soucek

Aventuras na história

Esse homem era um dublê profissional que decidiu se jogar nas Cataratas do Niágara e viveu para contar a história. O tcheco, de 37 anos, morava no Canadá e decidiu fazer a queda em um barril que ele mesmo projetou.

O barril tinha 2,7 metros de comprimento, era feito de madeira e plásticos leves, e seu formato era cilíndrico. Além disso, por dentro, o barril tinha almofadas que seriam usadas para absorver os choques da queda.

Em julho de 1984, Karel fez seu salto. O barril foi liberado no Rio Niágara, a mil metros de distância das cataratas. E 45 minutos depois, o tchecos saiu ileso da sua queda. O homem teve apenas que pagar uma multa de 500 dólares.

4 – Bobby Leach

Aventuras na história

Bobby Leach foi a segunda pessoa a descer as Cataratas do Niágara. Ele fez isso no dia 25 de julho de 1911. Entre seu salto e o resgate foram 22 minutos de pura adrenalina para Bobby.

Embora sua queda tenha sido bem sucedida, ou seja, ele não morreu, o homem fraturou os dois joelhos, a mandíbula e também teve algumas escoriações. Como resultado, ele teve que ficar seis meses no hospital.

Depois de recuperado, Bobby usou a experiência para ganhar dinheiro. Ele viajou em turnê pelos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra contando sua história.

5 – Annie Taylor

Aventuras na história

Essa professora americana foi a primeira pessoa a descer as Cataratas do Niágara em um barril. Ela fez isso no dia 24 de outubro de 1901, em seu aniversário de 63 anos. Annie fez isso porque ela estava procurando uma forma de ganhar dinheiro.

A mulher queria mais que a fama. Isso porque, depois da morte de seu marido, Annie não tinha como pagar as contas. Então, com a ajuda de dois assistentes, a mulher se amarou em um arnês de couro fixado dentro de um barril de madeira com a parte de cima tampada.

O trajeto de Annie, desde que pulou até chegar a costa, durou 20 minutos. Ao sair do barril, ela tinha um corte na cabeça e o cabelo bagunçado. Embora ela não tenha conseguido a fama ou dinheiro que queria, Annie recebeu o título de Heroína das Cataratas do Niágara e inspirou outras pessoas a se arriscarem.

Fonte: Aventuras na História

Imagens: Aventuras na História

Mais tubarões matam humanos ou mais humanos matam tubarões?

Artigo anterior

Tatuagem pode levar à prisão na Coréia do Sul

Próximo artigo