Notícias

Homem nu furta restaurante em Brasília

0

Assim como a verdade, a criminalidade também pode ser nua e crua. Em Brasília, um homem invadiu um restaurante a noite para roubar. Durante o furto, o ladrão sentiu uma vontade incontrolável de ficar sem roupas.

A ação aconteceu no dia 8 de abril, mas só nesta terça-feira (17), as autoridades divulgaram as imagens na tentativa de encontrar o suspeito. O local do ato é no espaço de alimentação do autoshopping Cidade do Automóvel. O caso tem a investigação da 8ª Delegacia de Polícia.

Fonte: Polícia Civil / Divulgação

Se sentido à vontade

De início, o homem entrou no restaurante vestido com uma camiseta e uma bermuda. É com esse traje que ele arromba a porta para entrar no recinto, depois de ter acessado a Cidade do Automóvel pelo teto da loja vizinha.

Porém, após certo tempo no local, ele resolve desfrutar do roubo na forma como veio ao mundo: nu. Assim ele fica durante toda a ação de lanchar, beber as bebidas do restaurante e levar alguns itens de valor dos funcionários.

De acordo com o boletim de ocorrência, o prejuízo dos donos do negócio foram dois celulares, um computador, um carrinho de carga, duas máquinas de cartão e 600 reais em espécie. Além disso, os proprietários também notaram a ausência de algumas balas, chocolates e alimentos variados.

Fonte: Foodie Factor

Apesar da tranquilidade do rapaz, o que ele não parou para pensar é que ficar nu lhe traria alguns problemas após sua saída do restaurante pela janela do salão. Isso porque ele possui uma série de tatuagens, logo, ao ficar pelado, ele as expôs para as câmeras de segurança do local.

Nesta semana, as autoridades divulgaram as imagens para que a população possa ajudar na busca. Sendo assim, a Polícia Civil deixou o telefone 197 disponível para quem souber a identificação ou o localização do ladrão. Vale lembrar que todas as ligações ocorrem de forma anônima, ou seja, não precisa ter medo ao notificar os investigadores.

Até a Paola Carosella

Apesar deste furto de Brasília ocorrer de forma “pacífica”, os restaurantes têm sido alvos fáceis para assaltos violentos. Afinal, trata-se de um lugar em que, além dos pertences dos restaurantes, também se consegue levar os bens dos clientes.

Nesse sentido, a prática também aconteceu no estabelecimento da Chef Paola Carosella, ex-jurada do programa de TV Master Chef. No dia 27 de janeiro do ano passado, São Paulo vivia um período de decretos de restrição de funcionamento para bares e restaurantes, por conta da Covid-19. Sendo assim, o empreendimento de Paola estava fechando por volta das 20 horas.

Fonte: Instagram / Reprodução

Foi nesse período de encerramento que dois ladrões chegaram armados, e levaram pertences de funcionários e clientes. Porém, o que os assaltantes não contavam era com o moderno sistema de segurança do lugar. Portanto, enquanto o furto rolava, um sistema silencioso de alarme chamou a polícia, a qual chegou em menos de oito minutos.

Portanto, os ladrões não conseguiram sair do local, e foram presos pelos agentes. De acordo com as autoridades, os envolvidos possuíam um revólver 38 com 5 balas de munição.

Na época, Paola disse que a frustração do roubo se deu porque tudo no sistema de segurança funcionou bem. Todavia, ela ainda estava chateada pela situação de risco a qual ficou suscetível ela, os funcionários e os clientes. “Estamos muito chateados pelo ocorrido. Estávamos já fechados para a entrada de clientes desde às 20h, com poucos clientes terminando a refeição”, disse ela em postagem no Instagram.

A Chef também reforçou que todas pessoas que perderam seu bens tiveram os objetos recuperados logo em seguida. Além disso, ninguém se machucou na ação criminosa no famoso restaurante que fica em Pinheiros, bairro nobre da Zona Oeste de São Paulo.

Fonte: G1, Uol.

Gene gay é mito, veja o porquê

Matéria anterior

Noiva tem imprevisto com fusca para chegar ao casamento em SP

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos