Entretenimento

Idosa de 121 anos da Bahia pode ser a pessoa mais mais velha do mundo

0

A idosa Maria Gomes dos Reis, de 121 anos, foi “descoberta” pela Prefeitura de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, depois de passar mal e precisar de um atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A baiana pode ser considerada a pessoa mais velha do mundo.

De acordo com a sua certidão de nascimento, Maria Gomes dos Reis nasceu em 16 de junho de 1900, no povoado Bela Vista, em Bom Jesus da Lapa, onde mora até hoje.

Acamada, a aposentada mora com a neta Célia Cristina, já que todos os seus filhos morreram.

“Dou comidinha na boca, nós temos que fazer tudo, trocar fraldas. A minha vida agora está resumida em cuidar dela”, disse Célia ao G1.

A neta de Maria Gomes relata que a avó era bem ativa.

“Ela criou os netos e os bisnetos. Ela que cuidava de tudo. Era bem ativa até pouco tempo, cozinhava, lavava roupas”, conta.

Francesa é a mais velha, afirma Guinness

Foto: St. Mary’s Church/Facebook

A pessoa mais velha do mundo, reconhecida pelo “Guinness Book”, o Livro dos Recordes, era a japonesa Kane Tanaka, de 119 anos, que faleceu no dia 19 de abril deste ano.

Kane Tanaka nasceu em 2 de janeiro de 1903 na região de Fukuoka (sudoeste do Japão). A idosa tinha uma saúde relativamente boa e morava em uma casa de repouso, onde gostava de jogos de tabuleiro e de resolver problemas matemáticos. Além disso, amava refrigerantes e chocolate.

Após a morte da japonesa, o título passou a ser da freira francesa Lucile Randon, de 118 anos, nascida em 11 de fevereiro de 1904. Mesmo que nenhum órgão oficial atribua o título, a irmã Andrés se tornou a pessoa mais velha e “de longe”, já que é seguida por uma polonesa de 115 anos, disse Laurent Toussaint à Agência France-Presse (AFP).

Atualmente, a freira vive em uma casa de repouso em Toulon, na turística Côte d’Azur francesa.

“Ela está feliz”, disse o seu assessor de imprensa, David Tavella, à AFP. “Mas é apenas uma etapa, já que seu objetivo é derrotar Jeanne Calment”, acrescentou, referindo-se à francesa que morreu em 1997 aos 122 anos em Arles (sul).

Já a neta da baiana Maria das Gomes brinca: “A idade avançada a gente sabe que ela tem, mas saber que ela é a mais velha do mundo? A gente fica até abismada”.

Idosa pode ver a quinta geração

Foto: Reprodução/TV Globo

Mesmo com os cuidados, a idosa está acamada há pouco mais de oito anos. Antes disso, a neta destaca que quando a avó estava saudável, era conhecida por não faltar uma missa.

Ao todo, são 13 bisnetos, seis tataranetos e a família tem a expectativa de que Maria Gomes veja a quinta geração nascer.

Além da neta Célia Gomes, as bisnetas Vitória Stefani e Ivanilde Gomes cuidam de todas as burocracias que a aposentada possa precisar.

“Sou responsável por ela, porque ela não tem condições de se locomover para fazer prova de vida. Por isso, eu resolvo algumas coisas por ela”, contou Vitória Stefani.

A jovem declara que a bisavó ainda conversa com as pessoas, mesmo com as dificuldades e com o esquecimento.

“Ela ainda tem noção de muita coisa, conversa com a gente, às vezes ela esquece quem é, agora que com mais frequência ela não está lembrando”, contou Vitória.

Ivanilde conta que foi morar com Maria quando tinha 6 anos e é muito grata pela educação e apoio oferecidos pela idosa.

“Nunca me faltou nada, e ela sempre falava a seguinte frase, que eu levo para a minha vida: ‘Vai estudar, menina’. Se hoje eu consegui fazer uma graduação foi graças ao incentivo que eu tive da minha bisavó”, disse.

Fonte: G1

João de Deus e advogada pedem registro de casamento

Matéria anterior

Cortar freio da língua dos bebês vira moda e levanta polêmica

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications