• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Índia descobre planeta onde um ano dura somente 19,5 dias

POR Natália Pereira    EM Ciência e Tecnologia      12/06/18 às 14h15

Como dizia o famoso e renomado Einstein: 'Tudo é relativo'. Mas o que exatamente isso significa? Para aqueles que não são fãs de física, nos temos uma forma um pouco mais palpável de te provar esse fato. Isso porque, se pararmos para pensar, não é difícil notar o fato de que apesar de ser dia aqui no Brasil, uma pessoa do outro lado do mundo poderia fazer uma afirmação completamente contrária e ainda estar certa devido o seu referencial.

Assim como tudo em nosso mundo, essa teoria acaba ganhando diversas formas que dependem do ponto que tomam como referência. E, desta vez, o referencial acabou sendo um exoplaneta - orbitante de uma estrela similar ao Sol, que está a 600 anos-luz de distância de nós e foi descoberto por cientistas indianos. Esse planeta acabou sendo nomeado como EPIC 211945201b, ou K2-236b, e é aproximadamente 27 vezes mais massivo do que o nosso planeta Terra.

Os exoplanetas

Os chamados exoplanetas, que orbitam outras estrelas como o Sol em outro sistema solar, não são assim tão raros nos dias de hoje. E, para se ter uma ideia, já descobrimos a existência de 3.786 deles até o momento. Sendo que a grande maioria deles, cerca de 2.600, acabou sendo encontrada e confirmada por meio dos telescópios espaciais da NASA, o Kepler. O que, para falar a verdade, acaba incluindo este recém descoberto. Isso porque, antes de ser confirmado como um planeta pelo grupo de cientistas indianos, ele foi visto e listado como um possível planeta pelo Kepler. Mas, diferenciá-lo de um cometa ou outro objeto astronômico pode não ser assim tão fácil.

A exoplaneta descoberto pela Índia

A equipe do Laboratório de Pesquisa Física (PRL), em Ahmedabad, foi liderada por Abhijit Chakraborty e passou cerca de um ano e meio no Observatório Gurushikhar, em Mount Abu, até poder confirmar que se tratava de um planeta. Eles passaram esse tempo analisando as mudanças de luz que surgiam até poderem confirmar a sua massa de forma independente, além de relatar um sub-Saturno em volta do EPIC 211945201b que confirmou a sua natureza planetária. Mas, ao contrário da Terra, ela se encontra 7 vezes mais próxima da estrela do seu sistema e deve ter aproximadamente 600°C, sendo muito quente e seca para manter algum tipo de vida.

Mas o que essa proximidade com o seu "Sol" pode indicar além dos fatores referentes a sua temperatura? Acontece que, levando em consideração as nossas especificações de dias e anos, e o fato de que ele está aproximadamente 7 vezes mais perto de sua estrela do que a nossa Terra está do Sol, os cientistas acabaram afirmando que o ano por lá teria apenas 19,5 dias. Algo realmente surreal de se imaginar, concorda?

Além disso, essa nova descoberta acabou mostrando que a Índia também está capacitada tecnologicamente para pesquisas como essa. Sem falar que a Organização de Pesquisa Espacial Indiana (ISRO) tem dado passos importantes e estabelecido recordes referentes aos lançamentos de satélites e a inserção de sondas na órbita de Marte. É bom ver como temos ampliado nossos conhecimentos a cerca do universo em nossa volta. O que acharam desse planeta peculiar que os indianos descobriram?

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+