Japoneses criam rato transparente

POR Pietro Bottura    EM Ciência e Tecnologia      01/12/14 às 20h39

Para estudar a anatomia, a posição e atividade dos órgãos, cientistas japoneses conseguiram desenvolver um método que deixa a pele de ratos praticamente invisível, o que facilita o estudo e também a interação de substâncias e tratamentos genéticos, que podem ser testados e observados com precisão sem precedentes. Pros defensores dos direitos animais, fiquem tranquilos: os animais só são submetidos ao processo depois de mortos. Veja aqui como ficam:

rato-transparente-noticia-seu-history-3 (1) rato-transparente-noticia-seu-history-2

 

O processo foi desenvolvido pela Universidade de Tóquio e a Agência de Tecnologia do Japão, e remove as substâncias chamadas de "haema", que dão a coloração vermelha ao sangue e tecidos. Com uma solução salina, que passa pelo coração, o sistema interno é lavado e o haema é separado da hemoglobina. O processo completo leva 2 semanas, e pode ser usado para visualizar também o câncer e a atividade embrionária.

Print

mice

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+