Curiosidades

Mapa geológico da lua mais completo de todos os tempos é feito por cientistas

0

Antes mesmo dos primeiros seres vivos estarem na Terra, a lua já fazia companhia para nosso planeta no espaço. Assim que os humanos apareceram e habitavam a Terra eles começaram interagir com o ambiente. E a lua rapidamente se tornou motivo de admiração. Ainda hoje, o satélite intriga não só pessoas comuns, mas também especialistas e cientistas que dedicam a vida para pesquisar a lua.

Quando olhamos para esse nosso satélite natural podemos ver alguns pontos claros e escuros nele. Eles são apenas uma fator para mostrar o quão rica é a diversidade geológica na lua. E na busca por sempre entendê-la melhor, os cientistas fizeram o mapa mais detalhado possível, até agora, da composição rochosa da lua.

O mapa não é apenas bonito de se ver, mas também pode ser visto como um plano de fundo a ser usado nas missões futuras para a lua. Ele pode guiar os astronautas e mostá-los onde é mais seguro aterrissar e quais são as melhores áreas para se explorarem.

Mapa

Esse mapa geológico foi feito por uma equipe da NASA, que foram o Lunar Planetary Institute no Texas e o Astrogeology Science Center no Arizona, que é administrada pelo US Geological Survey (USGS).

“As pessoas sempre foram fascinadas pela lua e quando podemos voltar. Portanto, é maravilhoso ver o USGS criar um recurso que pode ajudar a NASA no planejamento de futuras missões”, disse Jim Reilly, ex-astronauta da NASA e atual diretor do USGS.

O mapa foi feito em uma escala de 1 : 5.000.000 e foi  compilado a partir dos dados que foram coletados nos seis mapas feitos da era Apollo. E um software geográfico foi usado para conseguir juntar todas essas partes de uma forma coerente e que fizesse sentido.

Os cientistas foram além de apenas combinar os dados antigos com os novos. Eles padronizaram os nomes, descrições e  idades das rochas. Esses detalhes sempre sofriam alterações nos mapas antigos.

Eles também adicionaram informações topológicas como por exemplo, a localização de crateras, cristas, fissuras, falhas e todas as outras irregularidades que a superfície da lua tem. Mas isso não é o fim. Especilistas disseram que estão planejando mapas geológicos ainda mais detalhados no futuro.

Informações

“Foi um grande esforço para nossa equipe concluir este novo mapa e torná-lo transparente. Grande parte do mapeamento histórico foi realizado por vários grupos e em escalas regionais”, comentou Justin Hagerty, diretor de astrogeologia da USGS.

“Métodos ligeiramente diferentes foram usados para que mapas com o mesmo recurso que foram mapeados por grupos diferentes não coincidissem”, continuou.

A lua é composta por uma crosta, manto e núcleo, assim como o nosso planeta. Mas diferente da Terra, ela não tem placas tectônicas. E uma das formas de se compreender melhor a geologia da lua é traçar a sua história de 4,5 bilhões de anos. Indo desde o seu surgimento, a forma como ela evoluiu desde então e ver tudo o que colidiu com ela em seu caminho.

Os estudos sobre a lua também foram possíveis por conta das amostras de rochas que foram coletadas dela nas missões lunares. E para as missões futuras, os astronautas terão esse mapa para consultar. Os planos da NASA são de levar astronautas de volta à lua em 2024.

“Este mapa é o culminar de um projeto de décadas. Ele fornece informações vitais para novos estudos científicos, conectando a exploração de locais específicos na Lua com o restante da superfície lunar”, concluiu o geólogo Corey Fortezzo, da USGS.

WhatsApp e OMS lançam novas figurinhas para usarmos na quarentena

Matéria anterior

Cientistas podem finalmente estarem perto de entender o porquê da existência do universo

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.