Mistérios do Palácio de Verão, na Sibéria, permanecem um século após sua descoberta

POR Rafael Miranda    EM Mundo Afora      10/12/14 às 18h51

"Eu estive em muitos lugares e vi muitas coisas, mas nunca nada parecido com isso". Estas palavras foram proferidas pelo presidente russo Vladimir Putin, ao visitar, em 2007, Por-Bajin, uma incrível estrutura de 1.300 anos de idade, construída em um lago da Sibéria.

A origem, os autores e a razão de ser de Por-Bajin permanecem um mistério absoluto, um século após sua descoberta. Acredita-se que o complexo foi erguido no ano 750 d.C., no centro de Tere-Khol, um lago de grande altitude em Tuvá, na Eurásia. Dentro da estrutura, foram encontradas tabuletas de argila de pés humanos, desenhos nas paredes, portas gigantes e fragmentos de madeira queimada.

Os pesquisadores supõem, dados os materiais de elaboração e o design arquitetônico, se tratar de um tipo de construção tradicional chinesa, da dinastia Tang (618-907 d.C.). De acordo com essa hipótese, teria sido um complexo comunitário ou palácio, construído em torno de um monastério budista.

6

As pesquisas continuarão por muito tempo, e ainda falta muito para ser revelada a verdade a respeito de sua origem, embora sua beleza isolada e misteriosa continue cativando todos aqueles que têm o privilégio de conhecê-la.

 

Rafael Miranda
Jornalista viciado em memes e amante da cultura pop.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+