Há quinze anos atrás, fomos apresentados ao filme O Grito. A produção, lançada pela Sony Pictures, foi baseada em uma famosa franquia nipônica de filmes de terror chamada Ju-On. Ao passo que clássicos de terror estão sempre em alta e a monetização da nostalgia nunca foi tão explorada por Hollywood, nada melhor do que fazer um remake de um grande sucesso de bilheteria. Assim como aconteceu com Coringa recentemente, na época de seu lançamento, o longa de Takashi Shimizu foi subestimado. No entanto, todas as expectativas foram subvertidas após a arrecadação de 187 milhões de dólares, cobrindo os 10 milhões de sua produção. Sendo assim, já era de se imaginar que o filme ganharia uma continuidade, logo fomos agraciados não apenas por uma, mas duas sequências da narrativa. Ademais, vale lembrar que nem mesmo uma avaliação baixa no Rotten Tomatoes foi suficiente para afetar o desempenho do longa.

Surpreendentemente, em março de 2014, foi anunciado que o remake ganharia um reboot em 2020. Portanto, devido essa categorização, é esperado que o filme introduza um novo enredo. Logo, aqueles que já estão familiarizados com os Saeki, podem esperar novidades. Afinal, Jeff Buhler, o roteirista inicialmente encarregado pela produção, garantiu que "novos personagens, um novo fantasma e uma nova mitologia"seriam introduzidos. Entretanto, em 2017, Nicolas Pesce foi contratado para reescrever o roteiro de Buhler e dirigir o reboot. Então, apesar de não sabermos que alterações foram feitas no script anterior, uma coisa foi prometida: que o filme seria "mais forte, sombrio e realista". Bom, depois de muita espera, finalmente, todas as garantias foram projetadas em um trailer recém liberado. Você pode conferi-lo logo abaixo.

Publicidade
continue a leitura

O que esperar da nova versão de O Grito

Publicidade
continue a leitura

Como o próprio material promocional da produção garante, é uma nova e aterrorizante versão. Embora ainda seja cedo para afirmar com certeza, sentimos que o longa faz jus ao prometido. Afinal, esse trailer foi de arrepiar. Porém, considerando que, muitas vezes, essas prévias podem ser maquiadas, e mais bem editadas que o próprio filme - vide Esquadrão Suicida - é sempre bom manter um pé atrás. De qualquer forma, esse reboot é estrelado por Andrea Riseborough, Demián Bichir e John Cho. No filme, Riseborough interpretará uma detetive encarregada de investigar um misterioso caso em sua cidade. Porém, sem imaginar, ela acaba se mudando para uma casa assombrada pelo fantasma de um assassino brutal.

Coincidentemente, o reboot é ambientado no ano de 2004, no mesmo universo do filme estrelado por Sarah Michelle Gellar. O filme está previsto para ser lançado no ano que vem. A seguir, você pode conferir a sinopse oficial.

Publicidade
continue a leitura

"Depois que uma jovem mãe mata sua família em sua própria casa, uma mãe solteira e um jovem detetive tentam investigar e resolver o caso. Mais tarde, ela descobre que a casa é amaldiçoada por um fantasma vingativo que condena aqueles que entram nela com uma morte violenta. Agora, ela corre para salvar a si mesma e a seu filho dos espíritos demoníacos da casa amaldiçoada em seu bairro".

Publicado em: 29/10/19 12h30