Com a nova linha de publicação Marvel Legacy, além de zerar a numeração de seus quadrinhos, a editora também retorna com seus principais heróis. Dessa forma, nas histórias de Thor teremos a volta de Odinson como o Deus do Trovão - lugar antes assumido por Jane Foster. No entanto, o personagem encontra um probleminha quando regressa. Seu precioso martelo, o Mjölnir, foi destruído. Jane o lançou para o interior do sol junto com a criatura Mangog. Por mais que Thor Odinson seja capaz de se virar muito bem sem ele, no fim das contas ele precisa de um martelo mágico.

O herói pode até não ser o Deus do Martelo, mas o auxílio de uma arma costuma ser bem-vindo. Sendo assim, Odinson teve de se virar para conseguir um novo martelo. Em Mighty Thor #706, ele viaja até Nidavellir para os anões lhe forjarem outras opções de armas. Por fim, ele acaba com um belo arsenal de martelos e, eventualmente, em Thor #1, escolhe um para começar. Chamado de Hulk-Smiter, o novo acessório pode ser ainda mais poderoso que o antecessor.

Publicidade
continue a leitura

Rivalidade e referência

Publicidade
continue a leitura

Thor e Hulk possuem um longo histórico de embates. Tanto que ele chegou a ser retrato no cinema, começando em Os Vingadores e se desenvolvendo em Thor: Ragnarok. O interessante aqui, no entanto, é o fato de Hulk também estar reformulado nos quadrinhos. Em Immortal Hulk, o roteirista Al Ewing colocou o personagem mais sombrio e inteligente. Ele já aprontou na primeira edição, portanto o novo martelo de Thor pode ser um indicativo sobre o quão perigoso Hulk está se tornando.

Hulk-Smiter não é um nome aleatório para se conceder a uma arma, a menos que seu portador tenha o propósito de entrar em uma briga com ele. Além disso, sabemos que não se pode usar qualquer arma para enfrentar o Gigante Esmeralda. Assim, o novo martelo de Thor pode se revelar uma dica do descontrole de Hulk e o inevitável encontro entre ambos (mais uma vez). Vamos aguardar!

Publicidade
continue a leitura
Publicado em: 15/06/18 17h54