Ciência e Tecnologia

Nuvem extremamente estranha está sobrevoando Marte nos últimas dias

0

Uma nuvem branca de aproximadamente 1.500 quilômetros foi observada nos arredores de Marte recentemente. A observação foi possível devido a uma missão não tripulada para estudar o planeta vermelho, chamada Mars Express, organizada pela Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Itália (AEI).

A fumaça branca, em teoria, seria devido a atividade de um dos três vulcões, o Arsia Mons, em uma região que foi chamada de Tharsis. No entanto, ela acabou sendo descartada. Há milhões de anos, segundo os pesquisadores, não acontece uma erupção vulcânica no planeta, e isso anula a hipótese inicial.

Mars Express e a nuvem misteriosa

A sonda da missão Mars Express, desde o dia 13 de setembro, tem observado a forma como a nuvem branca evolui próximo da região do vulcão. E, apesar de sua formação não ser devido a atividade vulcânica, o pico do Arsia Mons ainda seria o responsável por ela.

Meteorologistas chamam esse fenômeno de nuvem orográfica, que se formam quando o ar denso perto da superfície sobe e se expande, permitindo que ele se resfrie a uma temperatura onde a umidade se condensa em partículas de poeira, formando a nuvem.

Nuvens sobre o Arsia Mons não são tão incomuns como muitos podem imaginar. Na verdade elas podem ser vistas na maior parte do ano, e, geralmente, desaparecem nos meses que antecedem o solstício de inverno no Hemisfério Norte. Em 2009, 2012 e 2015, a Mars Express já teria capturado imagens semelhantes do fenômeno.

O surgimento dessa nuvem ajuda os cientistas a estimarem e avaliar a densidade das partículas que pairam sobre a atmosfera marciana. No começo de 2018, uma tempestade de poeira cobriu uma grande parte do planeta. Essa nuvem agora pode nos ajudar a compreender como esse processo ocorre e assim podermos aprimorar futuras missões em Marte.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

7 coisas que você não sabia sobre as cidades mais antigas da Terra

Matéria anterior

11 vezes que os leitores da Fatos nos deixaram com medo

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.