O que acontece quando seguramos um espirro?

POR Heverton Paulo    EM Ciência e Tecnologia      30/09/15 às 15h57

De repente alguém resolve começar a espanar aquela velha almofada empoeirada bem do seu lado. É pó para todo lado, e mesmo que você saia de perto ou prenda a respiração, é inevitável: seu nariz começa a coçar, e você já sente ele vindo. Daí então, seu corpo todo se prepara para a expulsão e "AAATCHIM!", você solta aquele espirro que até te tira do lugar.

Na verdade, o chamado espirro é uma expulsão convulsiva e semi-autônoma de ar pelo nariz e boca, ocasionado por irritação nasal e às vezes por bloqueio bacteriano na garganta, pulmões ou nas passagens do nariz. É só algumas substâncias como pó, pólen, pelos de animais ou até pimenta chegar ao nariz, que o organismo já trata de expulsar com toda força possível o "invasor" nasal.

Para se ter uma ideia, o espirro pode atingir um incrível velocidade superior a 160 quilômetros por hora! Ou seja, é justificável que algumas pessoas se concentrem e se preparem tanto quando o sentem chegando. Entretanto, o espirro incomoda muita gente que detesta essa expulsão involuntária de ar e procuram até "segurá-lo". Um grande erro.

os-perigos-de-nao-espirrar2

O que acontece quando seguramos um espirro vai fazer você jamais querer segurar outro novamente! Segundo o Dr. Koki Kitahara, diretor clínico do Hospital Otocentro, o espirro é muito importante para o bem estar das pessoas por ser um eficiente mecanismo de defesa do organismo diante da presença de partículas ou micróbios que causam irritação. Porém, tentar deter esse impulso pode ser perigoso.

De acordo com o Doutor Koki, ao evitá-lo a pressão se volta para dentro da cabeça, podendo provocar tontura, inflamação ou até mesmo a ruptura dos tímpanos! Ou seja, segurar um espirro pode fazer seu tímpanos simplesmente explodirem!

ouvido

Além dos riscos já mencionados, ao prender o espirro a pessoa mantém a secreção que seria expelida dentro das vias aéreas, o que pode levar a um sério quadro de sinusite.

Portanto, ao sentir aquele típica coceirinha no nariz e seu corpo se preparando para o impulso, nem pense em se prender e se segurar: pode soltar o "ATCHIIIM" à vontade (se não quiser ter sinusite ou seus tímpanos explodidos!).

Fonte: Hospital OtoCentro

Heverton Paulo
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+