Ciência e TecnologiaCuriosidades

O que acontece se um peixe ficar bêbado?

0

Se você gosta de uma cervejinha, com certeza já se pegou sonhando em nadar numa piscina dourada, encoberta por colarinho doce e refrescante. Imagine, então, ser um peixe nadando no álcool! Pois é, graças ao estudo conduzido pela equipe do cientista Maurizio Porfiri, um peixe pôde desfrutar dessa mágica experiência. 1344354310_47371 A pesquisa consistiu no seguinte: há anos Porfiri já conhecia as similaridades metabólicas do organismo do peixe-zebra em relação ao nosso, o que, portanto, o faria um bom exemplo para testes biológicos (à parte da questão de testes com animais, é claro). Para verificar quais os efeitos do álcool no organismo, Porfiri colocou o peixe para nadar em tanques com concentrações de etanol (álcool) de 0%, 0.25%, 0.50% e 1.00%. Após os testes, os resultados filmados foram esses aqui:

 

 

Tendo comportamentos sociais semelhantes aos nossos, os peixes-zebra também estão sendo usados para outras pesquisas relacionadas ao álcool. Há estudos que sugerem que o uso de álcool durante o período de formação embrionária faz com que filhotes se tornem adultos antissociais, o que pode ter relação com a gravidez humana. Se os peixes têm ressaca, ainda não se sabe responder, mas, de acordo com Porfiri, “depois de mais ou menos um dia, voltam ao comportamento normal”.

Fotos impressionantes de escadas em espiral

Matéria anterior

Os estonteantes storyboards de Star Wars

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.