Ciência e Tecnologia

O que acontece se você tomar a pílula do dia seguinte durante muito tempo?

0

Para o nosso bem, temos diversos métodos contraceptivos hoje em dia, não é mesmo? Quando uma mulher faz sexo sem camisinha, a primeira coisa que vem a sua cabeça, provavelmente é o risco de gravidez, deixando então para trás qualquer preocupação com as doenças sexualmente transmissíveis. Com isso, ela recorre a vários métodos que ajudam a prevenir isso pós sexo. Em um relacionamento estável ou não, elas tendem a fazer de tudo para evitar uma procriação até estar absolutamente certa de que realmente quer isso. No entanto, as vezes elas podem negligenciar ou sofrer grandes danos por consumirem a famigerada pílula do dia seguinte. Você por acaso sabe o que acontece caso elas façam isso com freqüência? Nós da redação da Fatos Desconhecidos procuramos e trouxemos o resultado para cada um dos nossos caros leitores.

A pílula do dia seguinte ajuda a prevenir a gravidez após ter relações sexuais. Se a mulher fez o ato dentro do prazo de 72 horas, ela pode recorrer ao método. Quanto mais cedo ela fizer isso, mais provável a dar certo é e quase uma certeza de que ela não ficará grávida. E como essa pílula pode ajudar e porque não deve ser consumida com freqüência? Então, a pílula tem uma dose elevada de hormônio levonogestrel, o mesmo que contém a maioria das pílulas anticoncepcionais, só que em uma quantidade muito maior.

O objetivo disso é atrasar a ovulação se você teve uma relação sexual sem a proteção de camisinhas, sendo no homem ou na mulher. Mesmo se a mulher tomar anticoncepcionais diariamente, elas podem usar a do dia seguinte depois. O uso contínuo pode afetar diretamente a saúde da mulher, assim como diz os médicos. Os efeitos colaterais podem ser: Náuseas com freqüência, vômitos, “bexiga solta”, tonturas e uma leve depressão.

Embora realmente funcione, os profissionais da saúde aconselham sempre utilizar o preservativo masculino e feminino para proteger, além de doenças que é o que de pior pode acontecer em uma relação, também a indesejada gravidez. Como todos nós sabemos, todos os métodos contraceptivos tem sua margem de erro, principalmente se for em um período de ovulação. Ainda vale lembrar que o abuso da pílula pode alterar o ciclo menstrual da mulher.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com todos os seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Netflix deve ter novo aumento de mensalidade em São Paulo

Matéria anterior

Deadpool 2 – Nova foto de Josh Brolin como Cable é perturbadora

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.