• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


O que aconteceria se você pulasse em uma piscina de mercúrio?

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      11/07/19 às 19h28

O mercúrio é um metal pesado. Sob condições normais, é encontrado em baixas concentrações no ambiente, e é naturalmente liberado devido a processos erosivos e erupções vulcânicas. Em contrapartida, o setor eletroeletrônico gera também uma quantidade expressiva de resíduos que contêm mercúrio. Podemos encontrá-lo em baterias, pilhas e celulares, que normalmente são descartados em aterros sanitários sem o devido tratamento.

Sabemos que o contato nosso com o mercúrio pode ocasionar diversos problemas de saúde. O mercúrio e seus derivados são mais solúveis no sangue do que na água e se acumulam nos tecidos, causando lesões graves. Os rins, fígado, aparelho digestivo e sistema nervoso central podem ser seriamente afetados. Por ser capaz de ultrapassar as biomembranas, torna-se bastante perigoso à saúde.

A forma mais comum de contaminação é decorrente do lançamento do metal pesado em ecossistemas aquáticos naturais. Uma vez presente no rio, o metal já não pode ser destruído. Torna-se altamente reativo. Os responsáveis, na maioria das vezes, são as indústrias, que despejam resíduos em cursos d'águas. Este tipo de acidente ocorre com metalúrgicas, indústrias de tintas e de plásticos PVC, entre outras.

Agora, o que aconteceria se você pulasse em uma piscina de mercúrio? Para supormos tal loucura, primeiramente, é preciso levar em consideração o fato de você estar vestido com uma roupa especial. O traje irá, claro, protegê-lo contra qualquer risco de contaminação. Acredite ou não, você iria flutuar.

Isso acontece porque o mercúrio pesaria cerca de 13,5 gramas por centímetro cúbico. A água, por exemplo, pesa 1 grama por centímetro cúbico. Agora, e se utilizássemos um objetivo de ferro, como por exemplo uma bola de canhão? Ela também flutuaria. Uma bala de canhão pesa em média 7,8 kg, bem menos que o mercúrio da nossa suposta piscina. Obviamente, uma bala de canhão não flutua na água, mas como o mercúrio é muito denso, a massa de uma bala de canhão não é suficiente para quebrar a superfície da piscina de mercúrio.

História e características do mercúrio

O mercúrio é um metal prateado. Em sua temperatura normal, é líquido e inodoro. Não é um bom condutor de calor se comparado a outros metais, entretanto, é um bom condutor de eletricidade. Estabelece liga metálica facilmente como muitos outros metais, como o ouro ou a prata. É insolúvel em água e solúvel em ácido nítrico. É um produto perigoso quando inalado, ingerido ou posto em contato com a pele. É compatível com o ácido nítrico concentrado, acetileno, amoníaco, cloro e com outros ametais. 

Descoberto ainda na Grécia antiga, foi um dos primeiros elementos a ser estudado. Pode ser usado em termômetros, barômetros, lâmpada fluorescentes, medicamentos, espelhos, detonadores, corantes, contatores, pilhas e outros. Seu uso mais antigo, desconsiderando a sua aplicação na mineração do ouro e da prata, foi na fabricação de espelhos. Atualmente, foi substituído nos tratamentos dentários pelo bismuto, que apresenta propriedades semelhantes, porém é ligeiramente menos tóxico.

O mercúrio é transportado quando está em estado líquido. Deve ser armazenado em locais frios, secos, bem ventilados, protegido da radiação solar e de fontes de calor e ignição. Não deve estar próximo de ácido nítrico concentrado, acetileno, amoníaco e cloro. Deve ser guardado em recipientes resistentes à corrosão e fechados hermeticamente.

Próxima Matéria
Via   Wikipédia     Ecycle     brainstuff     UOL  
Imagens O Eco
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+