• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

O que é necessário para ser Papa ou Presidente da República?

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      28/02/15 às 15h46

Em todas as nações e culturas existem líderes máximos responsáveis por um grupo. Um dos exemplos de figuras máximas de alguma cultura são os papas e os presidentes de repúblicas. Mas afinal de contas, o que é necessário para ser um chefe de estado ou um papa?

Isso pode assustar muitas  pessoas mas, na teoria, os requisitos para ser candidato para esses cargos de poder não são tão rigorosos. Veja o caso do Papa por exemplo:  não é necessário que você seja um padre para ser nomeado papa. Basta que o os 117 cardeais aprovem sua candidatura. A legislação eclesiástica prevê que qualquer cidadão do sexo masculino pode ser eleito papa.

Isso era muito comum até 1522 quando muitos papas eleitos sequer eram sacerdotes, mas as coisas mudaram no Vaticano e nos últimos séculos todos os papas eleitos vieram do Sacro Colégio, que é o Senado da Igreja, constituído pelos cardeais.

Papa

2

O papado é uma das instituições mais antigas e duradouras do mundo, e teve uma participação proeminente na história da humanidade. Atualmente, para além da expansão e doutrina da fé cristã, os Papas se dedicam ao ecumenismo, e diálogo inter-religioso, a trabalhos de caridade e à defesa dos direitos humanos.

O papa possui a plenitude do poder para o governo da Igreja, assim ele tem o direito sobre todas as nomeações para seus cargos, somente ele pode nomear bispos e prelados, ou caso a nomeação tenha sido concedida a outros, ele deve confirmá-la. O papa originalmente foi eleito pelo clero e povo de Roma, com uma participação dos bispos das cidades próximas.

A partir de 1059, a eleição foi reservada ao Colégio dos Cardeais da Igreja Romana. O Papa Urbano VI, eleito em 1378, foi o último papa que não foi um cardeal no momento de sua eleição.

Presidente da República

Foto Oficial Presidenta Dilma Rousseff.  Foto: Roberto Stuckert Filho.

O Presidente da República é o representante de um estado soberano cujo estatuto é uma república. Tal como os chefes de estado das monarquias, o presidente da república representa o Estado, mas os poderes específicos que detém e o modo como um cidadão se torna presidente variam bastante consoante o sistema institucional de cada país. Em grande parte dos países o Presidente da República usa uma faixa presidencial como distintivo do cargo.

O mandato do presidente da República do Brasil é de quatro anos com direito a uma disputa pela reeleição. A atual Constituição de 1988 havia fixado inicialmente mandato de 5 anos sem reeleição. As anteriores constituições do Brasil fixaram mandatos de quatro, cinco e seis anos. Eurico Gaspar Dutra, Juscelino Kubitschek, Ernesto Geisel e José Sarney foram os presidentes que exerceram mandatos de cinco anos. O único presidente a exercer o mandato de seis anos foi João Figueiredo.

Para ser candidato à presidente do Brasil você tem que ser eleito através de voto direto do povo, ter a idade mínima de 35 anos, ser brasileiro, ter pleno exercício dos direitos políticos e ser registrado em algum partido político.

Deputado

Os critérios para concorrer ao cargo de Deputado, tanto em nível federal, quanto em estadual, são os seguintes: ser alfabetizado, ter nacionalidade brasileira; estar em pleno exercício dos direitos políticos (não estar com os direitos políticos cassados), realizar o alistamento eleitoral; ter domicílio eleitoral no estado para o qual quer concorrer ao cargo, ou seja, pode ser natural de outro estado, mas deve concorrer ao cargo para representar o estado onde vota; estar filiado a algum partido e ter a idade mínima de 21 anos.

Próxima Matéria
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+