Ainda é possível trazer os dinossauros de volta a vida?

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      28/02/15 às 16h11

Nosso planeta foi habitado por dinossauros entre 208 e 144 milhões de anos atrás.  Eles eram o grupo dominante nos ambientes de terra firme. A maioria eram herbívoros, mas havia algumas espécies carnívoras que se alimentavam de anfíbios, insetos e até mesmo de outros dinossauros.

Acredita-se que no final do período Cretáceo, há cerca de 65 milhões de anos, um evento catastrófico ocasionou a extinção em massa de quase todos os dinossauros, com exceção das espécies emplumadas (que deram origem às aves). Um asteróide com aproximadamente 10 km de diâmetro teria atingido a superfície da Terra, gerando uma explosão semelhante a 100 trilhões de toneladas de TNT.

O meteorito encontrado na Cratera de Chicxulub, no México, foi o responsável pela extinção, ao colidir com a Terra e originar uma grande explosão que carbonizou bilhões de animais instantaneamente, levantando também uma nuvem de poeira tão espessa que bloqueou o calor do sol e transformou o planeta em um local extremamente frio, em um evento meteorológico similar ao chamado "inverno nuclear".

Esse evento acabou eliminando as espécies sobreviventes, com exceção dos dinossauros emplumados e dos seres mamíferos, que tinham a capacidade de sobreviver em climas de baixas temperaturas devido ao seu sangue quente, podendo assim se adaptar ao novo ambiente.

Usando evidências fósseis, os paleontólogos identificaram mais de quinhentos diferentes gêneros e mais de mil diferentes espécies de dinossauros, alguns sendo herbívoros, outros carnívoros, assim como havia também espécies bípedes e quadrúpedes.

Ainda é possível ressuscita-los?

5

Infelizmente (ou felizmente) não é possível trazer de volta os dinossauros. A clonagem precisa de dois componentes essenciais: o genoma completo e um parente vivo compatível que possa dar à luz o clone. A dificuldade surge aí: É extremamente difícil encontrar uma sequência de DNA completa desses seres vivos. Para dificultar ainda mais o processo, estima-se que nenhuma informação genética consiga sobreviver mais de 1 milhão de anos. O método Jurassic Park de clonagem seria completamente inviável.

A bioquímica britânica Alison Woollard, da Universidade de Oxford, disse em nota publicada na revista GMA News, que é possível reconstruir os genomas dos dinossauros, alterando o DNA das aves da atualidade. Entretanto, nós ainda não temos tecnologia suficiente para fazer esse tipo de processo. Para se ter uma ideia, o genoma humano demorou 13 anos para ser decodificado.

A cientista especulou que para trazer os dinossauros novamente à vida eles deveriam usar uma "evolução invertida", alterando os genes para "orientar" o desenvolvimento de um filhote de ave e de suas crias, realizando o caminho inverso da evolução de sua espécie.

 

 

Rafael Miranda
Jornalista viciado em memes e amante da cultura pop.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+