O que está acontecendo no Espirito Santo? Por que essa onda de violência?

POR Magno Oliver    EM Mundo Afora      06/02/17 às 19h43

Você sabe quais são as coisas absurdas que estão acontecendo no Brasil e muita gente nem está sabendo? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você o que tá rolando.

Uma onda assustadora de violência tem tomado o estado do Espírito Santo desde o dia 04 de Fevereiro, último sábado. Saques a lojas no comércio, arrastões, incêndios em ônibus e o índice de assassinatos aumentaram de um jeito surpreendente.

Mas o que está acontecendo por lá? O que explica essa onda de violência, saques a lojas e incêndios em vários ônibus?

Segundo o jornal Extra, o motivo dessa onda assustadora de crimes seria por conta da falta de policiamento nas ruas. De acordo com informações  do jornal FolhaVitoria, "vários familiares de policiais militares realizam protestos em frente aos batalhões da Polícia Militar(PM) do Espírito Santo desde a  última sexta-feira (5).

Os manifestantes mantém a saída de viaturas e de policiais das unidades bloqueadas e exibem cartazes com pedidos de reajuste salarial, pagamento de auxílio-alimentação, periculosidade, insalubridade e adicional noturno."

De acordo com o Jornal Hoje, "o Governo Federal autorizou o uso da Força Nacional de Segurança para enfrentar o aumento da violência no estado, provocado pela greve dos policiais militares.

O ministro da Defesa, Raul Jungman, deve viajar nesta segunda para Vitória. Desde a madrugada de sábado (4) foram registrados saques a lojas, incêndio em ônibus e 51 assassinatos.

Em Cariacica, ladrões arrombaram uma porta de aço e saquearam uma loja de departamento. Já em Guarapari, um grupo tentou arrombar a porta da loja, mas fugiu quando ouviu os sons de tiros. Com medo, muitos comerciantes da Grande Vitória não abriram as portas.


De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, desde a madrugada de sábado, 51 pessoas assassinadas deram entrada no departamento médico legal da capital. No mês de janeiro inteiro, apenas quatro vítimas de assassinatos passaram pelo departamento. Nesta segunda-feira (6), duas pessoas foram mortas a tiros em frente a um shopping, em Vila Velha.


Os policiais militares não saem às ruas desde sábado. Como a lei proíbe que eles façam greve, os PMs alegam que não podem trabalhar, porque grupos de parentes dos PMs fizeram bloqueios na frente dos batalhões.

O governo do Espírito Santo pediu e a justiça decretou ilegalidade do movimento. A ordem é que os policiais voltem para às ruas imediatamente.

Caso contrário, as entidades que representam a PM terão que pagar 100 mil reais de multa por dia. Os PMs querem aumento salarial e melhores condições de trabalho para a corporação".

De acordo com o jornal Estadão, "segundo a Associação de Cabos e Soldados (ASC), desde sábado, 4, não há policiamento nas ruas do Espírito Santo. Viaturas foram impedidas de saírem dos batalhões. Com esse déficit na segurança pública, prefeituras da Grande Vitória suspendera o início das aulas e ainda não há previsão de retorno".

Nas redes sociais, usuários postam imagens e vídeos com a hashtag #ESpedesocorro exibindo como está a situação no Espírito Santo e pedindo ajuda para as autoridades.

Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+