Curiosidades

O que são essas bolas de pedra misteriosas da Costa Rica?

0

Também conhecidas como “las bolas”, essas esferas de pedra podem ser encontradas na Costa Rica. Contudo, para quem visita a região de Delta Diquís, na Ilha de Caño, as mais de 300 esferas podem chamar a atenção. Mas afinal, o que são essas bolas de pedra misteriosas da Costa Rica?

Há pedras de todos os tamanhos que se possa imaginar, desde algumas com apenas alguns centímetros, até outras com mais de 2 metros de diâmetro, e que podem chegar a pesar 15 toneladas. No entanto, a informação mais certa que se tem dessas pedras, é a de que elas foram feitas na extinta Cultura Diquís. E que por conta disso, elas também são conhecidas como Esferas Diquís.

Como surgiram as misteriosas bolas de pedras?

Se estima que as famigeradas bolas de pedra tenham sido esculpidas por volta do ano 600. Contudo, a maioria delas possui sua criação datada após o ano 1000. Colocando assim, o feito como tendo sido elaborado antes da colonização das Américas. E para isso, foi realizada a técnica de estratigrafia, que é o estudo das rochas, onde foi possível determinar a idade das pedras. Contudo, como muitas das rochas não estão em seu local original, a pesquisa pode não ser 100% confiável.

Tudo que sabe depois disso, é que a cultura, que criou as pedras, desapareceu após a colonização espanhola. E que, depois de tantos anos, as pedras se tornaram enfeites, nos jardins das mansões de milionários e poderosos da região. Essas pedras são, em sua maioria, feitas de gabro, uma rocha de cor escura e formada a partir do resfriamento do magma da composição basáltica. Por conta disso, o gabro é equivalente ao basalto. Além disso, também há algumas esferas feitas de arenito e calcário.

Descobrimento das esferas

Por volta do ano de 1939, as esferas foram descobertas quando a United Fruit Company estava limpando a selva da região, para realizar o plantio de bananas. Assim, ao serem encontradas, as esferas foram vistas como meros obstáculos. E logo, muitas delas foram retiradas do caminho, com o uso de escavadeiras.

Muitos mitos surgiram em cima do havia dentro das pedras. Com isso, alguns trabalhadores começaram a cavar buracos nas bolas de pedra, colocando até mesmo dinamite, para que explodissem. Na época, circulava um rumor de que poderia haver ouro no interior das pedras. Mas com essa ação, tudo que se conseguiu, foi a destruição de inúmeras esferas. Por fim, essas atividades foram as que mais comprometeram a identificação das esferas. Contudo, ainda assim, algumas delas puderam ser restauradas, e hoje, estão disponíveis no Museu Nacional da Costa Rica, em São José.

Para além do ouro, há numerosas histórias intrigantes, acerca da origem das esferas de pedras. Alguns dizem que elas vieram do lendário reino de Atlântida. Outros contam ainda que elas se formaram pela própria ação da natureza, sem nenhum tipo de intervenção da ação humana. Além disso, há lendas locais que dizem que é possível amolecer as pedras, com um tipo de poção. Mas nada disso é, de fato, comprovado. E mesmo anos depois, as esferas continuam sendo um mistério não resolvido. Com seu formato perfeitamente redondo e extremamente raro, as esferas de pedra da Costa Rica se tornaram parte do Patrimônio Mundial da UNESCO.

7 maneiras incomuns de morrer ao longo dos anos

Matéria anterior

7 origens malucas de sites que todos acessamos

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.