O último desejo desse menino de 7 anos vai te arrepiar

POR Júlia Marreto    EM Entretenimento      20/03/17 às 17h27

Com apenas 2 anos de idade, o pequeno Filip Kwansy, travou uma grande luta contra uma neurofibromatose. Também conhecida por doença de Recklinghausen, a neurofibromatose, é uma doença hereditária que se caracteriza pelo aparecimento de tumores benignos múltiplos no sistema nervoso.

Em 2016, Filip foi diagnosticado com leucemia, fazendo com que ele tenha que viver no Hospital Great Ormond Street, em Londres (IN), O tratamento dessa doença inclui quimioterapias e transplante de células, infelizmente ambos falharam, resultando no alastro do cancro para outras partes do corpo do menino.

É importante lembrarmos que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem.

Como não existe outra opção, Filip, que é originalmente de Colchester, Essex (IN), receberá cuidados paliativos, para que seus últimos dias sejam o menos tristes e dolorosos possível. E se você pensou que isso já é sofrimento suficiente para o garotinho, muito se engana. Em 2011, Agnieszka, a mãe de Filip, também faleceu devido a complicações de câncer, na Polônia, aos 33 anos.

Como último desejo, o menino tem emocionado muitas pessoas com seu pedido inusitado e, compreensivelmente, lindo. Ele quer ser enterrado no mesmo caixão que a mãe, para que ela possa cuidar dele no céu.  Ele quase não consegue falar mas, de sua cama, agradeceu a todas as pessoas que ajudaram e tem ajudado seu último desejo a se tornar realidade.

Obrigada por me ajudarem a realizar meu desejo.

Piotr Kwasny, de 40 anos, pai de Filip, entende que precisa agir rápido, para conseguir reunir todo o dinheiro necessário para realizar o desejo do filho. Ainda faltam €7.500, para completar o dinheiro, e Piotr está desesperado.

O pai do garoto disse: Ele diz que eu sou o seu anjo, que estou cuidando dele aqui e que sua mãe vai tomar conta dele quando ele chegar no céu. Eu não sei como ele se lembra dela, já que ele era muito novo quando ela morreu, mas já visitou sua sepultura, quando ainda estava bem o suficiente, para falar com ela. Filipe quer ser sepultado com a mãe, então precisamos organizar as coisas para poder enterrá-los juntos.

E ainda continua: Ele quer que sua mãe olhe por ele, e eu só vou conseguir levar o Filip de volta para a Polônia. Sua madrasta e irmãos vão ter que ficar aqui, já que não tenho os meios de arranjar os passaportes e transporte para todos. Esses são tempos estressantes e desgastantes para todos nós. Eu não imaginava que teria de enterrar um filho... nós devemos partir primeiro...

Piotr também tem vários problemas de saúde, que o impedem de trabalhar e ganhar o suficiente para arrecadar dinheiro para o funeral de seu filho. Ele descreve o lamento: Os médicos não sabem quanto tempo de vida Filip têm. No hospital há um sino, e os pacientes que terminam seus tratamentos e tem alta, tocam esse sino 3 vezes. Meu filho nunca vai tocar esse sino.

Então pessoal, o que acharam da história desse garotinho guerreiro? Se sentiu tocado e quer ajudar essa família? Você pode doar qualquer quantia, aqui. E aí pessoal, o que acharam? Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Via   infoescola     coffeebreak  
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: juliamarreto

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+