• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Os 8 piores momentos da história da humanidade

POR Rafael Miranda    EM História      16/11/15 às 13h33

Ao longo da história humana, tem havido muitos eventos que causam uma infinidade de mortes, destruição generalizada e sofrimento. Os oito tópicos nesta lista mostram o grande número de mortes que aconteceram em conflitos humanos. Enquanto alguns dos eventos duraram apenas alguns anos, outros ocorreram ao longo dos séculos.

Uma vez que estas estimativas de mortos são sempre altamente controversas, os números são apenas estimativas aproximadas da triste realidade que ocorreu na época. A lista inclui somente catástrofes causadas pelos humanos, ou seja, desastres naturais não foram incluídos.

Confira agora quais foram os 8 piores momentos da história da humanidade:

Abuso sexual dentro da igreja católica romana

1

O abuso sexual de pessoas ingênuas e inocentes por figuras de autoridade não é novidade na história humana, mas o que faz este exemplo ser especialmente hediondo é que esses abusos foram ocultados pela organização cristã mais poderosa do mundo. Estupro e abuso sexual de crianças são, na opinião comum, o crime mais desprezível que uma pessoa pode cometer.

A Igreja Católica realizou reuniões na década de 1950 sobre o abuso sexual de menores por padres, e, no entanto, nada foi feito para impedir o desastre crescente. Essas pessoas conhecidas por terem um histórico de cometer abuso sexual foram intencionalmente ordenados e enviados para deveres sacerdotais em todo o mundo. O escândalo não atingiu a grande mídia até os anos 1980, levantando a suspeita que os papas encobriam os casos para proteger a imagem do cristianismo.

Grande Fome Chinesa

2

Entre 1958 a 1962, a China passou por uma fome que matou pelo menos 45 milhões de pessoas. Isso aconteceu por dois motivos: as catástrofes naturais e as políticas comunistas de Mao Zedong. Mao queria transformar a China de uma economia agrária em uma economia moderna, urbanizada, um gigante industrial para competir com os EUA. Esse plano levou à escassez de culturas em todo o país.

Em seguida, o Rio Amarelo inundou em 1959, matando 2 milhões de pessoas de fome. No ano seguinte, 60% das terras agrícolas da China não receberam chuva. A ideia de Mao de forçar os agricultores em carreiras industriais destruiu ainda mais as colheitas. A fome tornou-se tão intolerável que, em algumas áreas, as pessoas recorreram ao canibalismo. Milhões de pessoas foram torturadas até a morte pelo crime de roubar comida para alimentar suas famílias.

Terrorismo

3

Atos de terror, especialmente atentados, sequestros e assassinatos cometidos por agentes de organizações que operam em todo o mundo já mataram milhares de pessoas que foram envolvidas no meio de conflitos de caráter territorial e religioso, principalmente. Muitos fanáticos no mundo inteiro estão perpetrando atrocidades após atrocidades contra inocentes civis desarmados, de dezenas de países, com o propósito declarado de erradicar sociedades com pensamentos e tradições diferentes dessas organizações.

Regime Khmer Vermelho

4

Khmer Vermelho eram membros do Partido Comunista de Kampuchea, e durante o seu reinado de terror de 4 anos, de 1975 a 1979, destruíram completamente o Camboja economicamente, politicamente e demograficamente. Eles se aproveitaram do caos que se seguiu à Guerra do Vietnã para derrubar o governo republicano e montar uma espécie distorcida de "socialismo agrário."

Isso tudo, na realidade, foi uma realocação forçada de cada cambojano das cidades para fazendas onde foram forçados a trabalharem no campo. Estima-se que durante o regime, 3.000.000 foram assassinados. Isso equivale a 21% da população do Camboja.

Primeira Guerra Mundial

5

Foi um conflito em que parecia que todos os países da Europa estava guardando um ódio purulento um pelo outro, e todo mundo estava procurando uma desculpa para invadir o país vizinho. O ato que foi o estopim para a guerra foi o assassinato de Francisco Ferdinando, o arquiduque da Áustria. O assassinato foi orquestrado por Gavrilo Princip, para provar sua bravura ao exército sérvio, que o havia rejeitado por ser muito pequeno e fraco.

Quase todas as nações na Europa tinham um tratado com outra nação, e todos esses tratados diziam a mesma coisa: se alguém ataca você, nós ajudamos a atacar de volta. O império Austro-Húngaro declarou guerra à Sérvia, o que levou a Rússia a declarar guerra à Austro-Hungria, o que levou a Alemanha e a Itália a declarar guerra à Rússia, o que levou o Reino Unido e a França a declarar guerra à Alemanha e Itália. Espanha e, claro, a Suíça ficaram de fora.

Os Estados Unidos ficaram de fora até que a Alemanha bombardeou navios mercantes desarmados internacionais na região da Lusitânia, e por causa de um telegrama de Zimmermann que a Alemanha enviou ao México, influenciando o país a declarar guerra contra os EUA.

Cerca de 15 milhões de militares e civis morreram. Isso não inclui as mortes por gripe espanhola, que em si foi um resultado direto da guerra. Isso coloca a estimativa em cerca de 65 milhões de mortos.

Peste Negra

6

 

Sem tratamento, a peste negra é uma das três únicas doenças conhecidas com uma taxa de mortalidade de 100%. As outras duas são a encefalite rábica e HIV. Dado o conhecimento médico primitivo da Idade Média, o mundo não tinha chance de combater a doença. Mesmo os melhores médicos não tinham ideia do que fazer para se proteger, muito menos a população.

A peste negra matou 40% do Egito, 30% do Oriente Médio, cerca de metade das 100.000 pessoas que moravam em Paris. A área mais afetada foi a Europa Mediterrânea, incluindo a Itália, Espanha e sul da França. Cerca de 75% a 80% da população morreu. A média total foi de cerca de 25% da população mundial morta pela peste negra. Aproximadamente 100 milhões de pessoas morreram em 4 anos.

Holodomor

7

Holodomor é uma palavra ucraniana que significa "matar pela fome." O termo é apropriado para o genocídio feito através de fome forçada e orquestrado por Josef Stalin contra a Ucrânia entre 1932 e 1933. A maneira pela qual Stalin forçou o povo ucraniano a morrer está aberto a discussão até hoje mas, a maioria historiadores concordam que ele sabia o que estava acontecendo na Ucrânia e se recusou a fornecer alívio de qualquer espécie.

Ele impôs esta sentença de morte particularmente cruel em retaliação à Ucrânia que se esforçava para ter reconhecimento nacional e independência. O número de mortos varia 1,8 e 12 milhões. Alguns estudiosos acreditam que foram cerca de 4 a 5 milhões de mortos.

As fronteiras foram fechadas pela NKVD, precursora da KGB, e qualquer um que tentava fugir para outros países ou estados russos era morto. A fome pode ser a causa mais terrível da morte. Os pobres em desespero, agonia e terror acabaram comendo seus próprios filhos. Muitos comeram seus próprios pés e membros.

Segunda Guerra Mundial

8

Após 6 anos de guerra, 71 milhões de pessoas estavam mortas. Roma, Paris, Moscou, Leningrado, e Londres arderam em chamas. Dresden, Hiroshima, Nagasaki, Stalingrado, e Manila foram destruídos. O aspecto mais infame da Guerra permanecerá para sempre o Holocausto. Ele também é referido como "HaShoah", que em hebraico significa "A Catástrofe".

Próxima Matéria
Via   Listverse  
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+