Os EUA criaram uma nova arma que vai te deixar extremamente preocupado

POR Rafael Miranda    EM Ciência e Tecnologia      28/05/15 às 18h26

As armas de pulso eletromagnético são uma das estratégias militares dos Estados Unidos. Ela emite um pulso de alta energia que pode alcançar grandes distâncias e se propaga gerando um campo elétrico de um campo magnético. Suas ondas de choque podem danificar componentes eletrônicos de estado sólido que estiverem dentro do alvo em questão.

O projeto está sendo dirigido a força aérea americana e é chamado de CHAMP - Projeto de Míssil Antecipado de Micro-Ondas de Alta Potência Contra Eletrônicos. Os pulsos eletromagnéticos conhecidos podem ser produzidos por fenômenos naturais (explosões solares ou explosões estelares) ou pela ação humana.

Algumas armas produzem esses pulsos de forma relativamente descontrolada, como durante a explosão de armas nucleares. Alguns tipos de armas convencionais, como as bombas de pulso, também podem produzir um pulso eletromagnético de alcance reduzido, capaz de destruir equipamentos microeletrônicos sólidos, como computadores e meios de comunicação (sinal de tv, rádio, telefone, internet).

O CHAMP pode atacar de forma bem específica. A arma (que já está em atividade) pode traçar alvos como prédios específicos e desativar todas as redes de comunicação e segurança eletrônicas que estiverem presentes. A arma é tão eficiente que não afeta eletrônicos inocentes que estiverem próximos de seu alvo.

Em 2012, essa tecnologia foi testada em mísseis. Um míssil teleguiado AGM-86 foi jogado em um prédio de dois andares pela força aérea americana em parceria com a Boeing. Especialistas afirmam que a arma é um grande e importante arsenal da chamada "Guerra eletrônica".

Guerra eletrônica

1

A chamada "guerra eletrônica" seriam um conjunto de ações em que se utiliza  a energia eletromagnética para destruir, neutralizar ou reduzir a capacidade de combate do oponente. A guerra eletrônica pode ser dividida, de acordo com seus objetivos, em três grandes grupos: Medidas de Apoio de Guerra Eletrônica (MAGE), Medidas de Ataque Eletrônico (MAE) e Medidas de Proteção Eletrônica (MPE).

As medidas de apoio de guerra eletrônica tem como objetivo a obtenção de dados e informações a partir sinais eletromagnéticos utilizados pelo oponente. As medidas de ataque eletrônico envolvem as ações para impedir ou reduzir o uso efetivo do espectro eletromagnético pelo oponente, bem como destruir, neutralizar ou degradar sua capacidade de combate usando energia eletromagnética ou armamento que empregue a emissão intencional de pulsos eletromagnéticos. As medidas de proteção eletrônica buscam assegurar o uso efetivo (ativo e passivo) do espectro eletromagnético pelas forças amigas.

Rafael Miranda
Jornalista viciado em memes e amante da cultura pop.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+