Fatos Nerd

Pokémon – Fãs criam jogo em primeira pessoa e o resultado é incrível

0

Misturar alta tecnologia com games nunca foi uma má ideia. Atualmente existem diversos jogos que utilizam a realidade virtual como mecânica do jogo para aumentar a imersão do jogador, fazendo com que ele esqueça totalmente, mesmo que seja por alguns minutos, que o mundo em que ele vive não é tão fantástico como o mundo de Pokémon por exemplo.

Não, ainda não existe um jogo oficial da Nintendo que mistura realidade virtual e monstros super poderosos, mas ninguém imaginou que essa iniciativa partiria de alguns fãs que sabem bastante de programação e querem, por tudo nesse mundo, jogar pokémon em primeira pessoa.

Confira o vídeo que é o sonho de muitos fãs da franquia:

https://www.youtube.com/watch?v=sEYpzif_nwY

Apesar dessa matéria ser publicada em 2017, o jogo já estava sendo desenvolvido bem antes de 2014. Infelizmente, devido a diversos problemas que envolveram o desinteresse dos desenvolvedores do jogo e até mesmo notificações da Nintendo of America Inc., o projeto foi abandonado, como consta na página “oficial” do jogo. Apesar de todos esses problemas, você ainda pode baixar a última versão do jogo.

O jogo que é mostrado no vídeo é da segunda geração, podendo ser o Pokémon Gold, Pokémon Silver ou o Pokémon Crystal. Nele o jogador poderia escolher um “mascote” entre Chikorita, Cyndaquil ou Totodile para acompanhar sua jornada que terminaria com a derrota da Elite 4.

Em 2016 tivemos o lançamento do Pokémon GO, que não é uma realidade virtual, e sim uma realidade aumentada. Nele o jogador poderia capturar pokémon que estão em todos os lugares apenas apontando a câmera do celular. O jogo foi uma febre em mesmo com a diminuição do número de jogadores, ele fez sucesso o bastante para ganhar um dos prêmios mais importantes do mundo dos aplicativos.

E aí, o que achou desse jogo? Você gostaria que ele realmente existisse? Comenta aí e compartilha com todo mundo.

13 lugares que você precisa ver de perto pelo menos uma vez na vida

Matéria anterior

10 melhores performances da história do Grammy

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos